FECHE OS OLHOS PARA VER

Mestra Nada
Através de Maria Silvia P. Orlovas
01/02/2017

Aceite o seu Eu Sou.

Aceite o seu eu divino.

É preciso fechar os olhos para ver.

É preciso mergulhar profundamente dentro de você para encontrar a paz.

Hoje os homens fecham os olhos, apenas para dormir, para buscar dentro de si mesmos a inconsciência. E é preciso fechar os olhos para ver.

Feche os olhos de forma consciente, ouvindo o seu silêncio, sentindo a sua presença dentro do seu peito, percebendo em você a vida que ali está.

E quando abrir os olhos não se encante com as aparências, você pode usufruir da beleza, você pode buscar conviver com pessoas elas em ambientes refinados.

Você pode buscar as paisagens que encantem seus olhos.

Você pode buscar as roupas caras, mas nada disso é você.

Você é aquele que está dentro de você.

Você é aquele que não precisa de nada.

Você é aquele que já tem tudo.

Você é aquele que não escravo do tempo, nem se aflige com o gosto ou desgosto.

Você é aquele que não se completa com o amor de alguém, porque já é o próprio amor.

Feche os olhos para ver.

Feche os olhos para sentir, para se dar o espaço de estar preenchido por si mesmo.

Em alguns minutos do seu dia, se sinta preenchido por você e é dessa força que você poderá se alimentar durante toda a sua vida.

Quando você fecha os olhos, quando você encontra dentro de você o seu silêncio, a sua paz e a força que ali existe você está nutrido.

Essa é a sua fonte, esse é o ponto de maior força, esse é o seu Eu Sou, essa é a raiz da sua divina presença eu sou.

E quando este corpo que você ocupa hoje não for mais necessário para seu aprendizado você continuará sendo o seu Eu Sou.

Então tudo o que você olhar fora de você, tudo que o mundo trouxer de beleza, de encantos e de desencantos vai passar.

E essa verdade, esse sentimento deve preencher seu espírito, para que nem a tristeza seja tão grande e nem a alegria tão efêmera, todos os dias em alguns momentos do seu dia feche os olhos para ver.

Ouça seu coração e nesse momento reabasteça seu ser de energia,de amor, de força e de luz.

Eu Sou Mestra Nada e em sintonia com a Chama Rubi Dourado envolvo vocês com essa força de amor.

Lembre-se que você é o Eu Sou.

Você é o centro de toda a luz.

Você é o divino dentro do seu coração.

Você é a força antes de qualquer outra força.

Você é você.

Nesse momento estamos tocando o coração de vocês.

Estamos limpando o coração de vocês.

Estamos colocando as nossas mãos espirituais para ajudar no processo de cura e de auto resgate.

Quando você se abre a oração e quando você se volta ao seu interior ali nós agimos e ali nós acessamos as nossas curas.

Queremos que vocês tenham um ano de profunda conexão.

Não se afobem com as questões políticas, não se afobem com as questões do mundo material.

Em todos os momentos que o desencanto vier no seu olhar, feche os olhos e lembre se que você é essa força é esse poder e que todo o resto vai passar.

Essa consciência trará a cada um de vocês a sustentação para qualquer desequilíbrio, é a força do Eu Sou.

Receba essa energia agora no seu coração, conecte essa força agora no seu coração, se comprometa com você nesse momento.

Eu Sou o que Eu Sou

Eu Sou o que Eu Sou

Eu Sou o que Eu Sou

Faça contato com a viração, receba a energia , sinta a energia,vibre na energia.

Eu Sou o que Eu Sou

Eu Sou o que Eu Sou

Eu Sou o que Eu Sou

Acolha com a mão no coração.

E ofereça a si mesmo a força de cura e elevação.

Bençãos e Luz, sigam em Paz.

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
Maria Silvia P. Orlovas – mariasilviaorlovas.com.br

LUZ!
STELA

Anúncios

Um comentário em “FECHE OS OLHOS PARA VER

  1. Republicou isso em Leveconscienciae comentado:
    O desoertar é um amadurecimento em que as palavras ganham um sentido profundo. Usamos as alegorias para falar de assuntos internos que não palavras ou expressões capazes de revelar. Usamos a luz como símbolo da clareza mental e compreensao, as trevas como a confusão, as nuvens como incertezas. Falamos deste nosso estado de embriagues em que todos nos encontramos como um sono profundo. E o Despertar para realidade interna é como abrir os olhos lentamente e ver a luz do sol…

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s