CRIANDO NOSSA ESTRADA DE LUZ

Arcanjos Miguel e Fé
Através de Thiago Strapasson e Michelinha OM
03 de março de 2017

Meus irmãos do coração,

Sou Arcanjo Miguel e conjuntamente à minha chama gêmea, Arcanjelina Fé, lhe trazemos uma lição de amor. Amor por vocês mesmos e por todo o planeta, pelo cosmo, pela luz.

Dizemos sobre o caminho da luz que percorrem a partir do amor que ancoram em seus corações.

Quantas vezes em suas vidas estenderam a mão, abriram uma porta, puxaram uma cadeira, deram um sorriso, disseram bom dia e, nesses pequenos atos começaram a abrir uma estrada de luz aqueles ao seu redor e em seus corações. Estrada essa que reluz e ilumina os corações que necessitavam de um simples acalentar a os lembrar que existe muita paz e amor em meio ao caos.

O tom da voz, o brilho do olhar, é algo que não concebem quando seus corações brilham a operar como pontes de luz a banhar muitos ao seu redor. São esses atos que os abrem a iluminar a vida humana e, trilhando esse caminho, descobrem o propósito de luz que ancoram no planeta.

O propósito maior, meus doces mestres, está no servir, em se doar e jamais em se engrandecer por seus atos. Mas ao se doar, ao servir vocês naturalmente se engrandecem em luz e as portas dessas estradas resplandecem seu próprio caminhar, irradiando seu propósito maior a todos os corações aflitos.

São gotas de luz que aos poucos se transformam em alegria, em paz, em luz, em amor que agregam a sua alma que já é feita de luz e permite que ela resplandeça no propósito maior da irmandade de todos, sem discriminação, sem julgamento, sem escolha, apenas aceitando a escolha de cada irmão.

E nesses atos que promovem junto a seus irmãos, apesar de inseridos na matéria, caminham rumo ao aprendizado de alma. Aprendizado esse que é nada mais que o resplandecer de seu amor, de sua paz e da sua fé para toda a humanidade, reconhecendo a irmandade em cada coração. E isso se torna o maior aprendizado da alma que podem receber.

Esse aprendizado, muitas vezes pode ser confundido como uma missão. Aquela missão à qual fomos designados nessa vida para cumprir e ajudar a humanidade e a nós mesmos.

Mas, por vezes, acabamos esquecendo de nós mesmos.

E lembramos somente de que viemos aqui a trazer algo para que a humanidade seja beneficiada.

Dessa forma, passamos por grande parte da nossa vida repetindo experiências onde colocamos os outros em primeiro lugar antes de nós mesmos. E assim vamos repetindo essa ação que fazemos seguindo o coração.

Nessa ação de doar, de ceder lugar ao próximo, somos nós mesmos os beneficiados. Pois percebemos, após longa jornada onde repetimos essa experiência mesmo quando percebemos que estamos sendo deixados de lado a ajudar o outro, vemos que não há mais sentido em pensar de forma diferente.

Pensar de forma diferente seria como seguir em sentido contrário ao que comanda o nosso próprio coração.

Em detrimento da felicidade do outro, deixamos a nossa fluir, sem investir algum esforço para que ela apareça. Mas, esquecemo-nos de que há alguém sempre a trabalhar pela nossa felicidade. Esse alguém, muitas vezes está distante dos nossos olhos físicos, mas nós o percebemos o tempo todo quando colocamos o outro em primeiro lugar, pois estamos ouvindo essa voz que vem do nosso coração.

O amor doado ao próximo, colocando ele em primeiro lugar, é o mesmo que recebemos daqueles que vieram a nos ajudar, e que vivem em dimensões diferentes das nossas.

Esses são aqueles que se comprometeram em nos ajudar durante a nossa caminhada de luz e de crescimento interno. E ao trabalhar para o crescimento do outro, estamos permitindo o livre fluir da luz dentro de nós mesmos, pois passamos a nos colocar no papel de uma pequena estrada, que, nessa vida, é o que faz com que as energias sejam levadas de um lugar ao outro.

Tantos pensam que nessa estrada não há saída, ou que ela nem mesmo existe, mas, através daqueles que colocam o outro em primeiro lugar antes deles mesmos, aos poucos vai se abrindo a verdade.

Que mostra que a verdadeira estrada é eterna, e que, na medida que é construída, através do ato de se doar ao próximo vai agregando mais ruas, conectadas a essa estrada, e que levarão também a luz recebida da estrada a outros lugares.

O irradiar da luz a partir dessa estrada, que é formada a partir do trabalho realizado com amor e doação, é algo que impossível de ser mensurado. A partir do momento que é iniciado, não há mais como se medir onde as estradas vão chegar, e onde essas pequenas ruas vão levar. E onde as pequenas ruas se tornarão grandes estradas, a irradiar mais amor e luz a outras pequenas ruelas que vão se formando.

O trabalho de luz e amor, que começa a partir do momento em que vocês aceitam se doar sem esperar retorno, simplesmente porque se deixam tocar pelo sofrimento do outro, porque não veem sentido em serem felizes ou em terem aquilo que almejam, se o outro também não puder receber e usufruir, esse sim é o sentimento e a atitude que desperta a luz interior.

A partir do nascimento do ser, ele está presente no planeta para doar o seu amor. Para doar a sua luz. Para manifestar o divino em si mesmo. Mas tantos de vocês, filhos, se iludem em pensar que a estrada é construída somente para as suas próprias caminhadas.

Tantos de vocês consideram injustas algumas relações onde há somente doação em amor, sem esperar retorno. Onde o simples ato de doar-se, faz a pessoa que está se doando plenamente feliz.

Essa felicidade, filhos, é algo imensurável, pois faz nascer no coração o amor. E esse amor não poderá ser mensurado, pois ele acabará se tornando uma longa estrada de luz, por onde iluminará tantos outros, que, espelhando-se no exemplo e no amor, iniciarão as suas próprias caminhadas de luz a construir um futuro de amor.

O ato de doar-se, o ato de manifestar o amor sem esperar retorno para si mesmo é a abertura para receber a luz divina dentro de si mesmos.

Por isso, filhos, aqueles de vocês que viveram tantos anos das suas vidas colocando-se em segundo lugar diante de seu irmão, doando-se em amor aos problemas alheios, foram trabalhando para a abertura desse canal de luz com o divino. E uma pequena rua começou a se materializar.

Em princípio essa rua era de pedras, era de terra, rustica, trazendo a vocês sofrimento, dores, aprendizados, e até insatisfação daqueles pelos quais vocês sempre doaram todo o seu amor. Foram incompreendidos, julgados, acusados, de levar as vidas de vocês de forma errada. Mas simplesmente não sabiam como ser diferente disso, pois vocês estavam ouvindo a sua verdadeira essência.

Essa pequena rua, levou vocês a caminhos de sofrimento, para que fossem construindo uma bela estrada, robusta e iluminada. E aqueles que passaram pelas vidas de vocês trazendo sofrimento, tristeza e dor, foram incorporados na sua luz, foram agentes que contribuíram para construir as suas estradas e transformá-las agregando em vocês a luz do perdão.

Essa era sim uma lição que precisava ser aprendida, para que o trabalho de doação amorosa ficasse completo. O perdão por aqueles que os causaram mal foram os preparando para amar incondicionalmente a todos os seus irmãos e foram contribuindo para que vocês começassem a criar gigantescas asas de luz e amor. Como anjos a manifestar esse amor a todo o planeta.

Essas asas, esse ser que acaba de nascer, iluminará não só a sua própria estrada, que nesse momento passa a atingir múltiplas dimensões existenciais, mas também a estrada de tantos outros, que ao observarem seu trabalho e sua luz, o seu amor, não poderão deixar de sentir todo o amor irradiado desse novo ser, até nas mais singelas palavras. Reluz amor e luz.

Assim são vocês nessa Nova Era, filhos. Assim são vocês, retornando à essência da qual vieram. Se reencontrando com vocês mesmos. Pois dissemos aqui tantas vezes que vocês são luz e amor e são filhos de Deus.

E vocês são os transformadores das vidas de todos e das vidas de vocês mesmos através do amor que canalizam diretamente do divino, a manifestar-se em belos anjos de luz dourada que se tornam para iluminar toda a vida nesse planeta de puro amor.

Estejam envolvidos na luz, queridos filhos, certos de que vocês são os anjos que vieram manifestar o amor, a liberação de toda a densidade planetária e a ser os exemplos da superação e do perdão.

Somos Arcanjos Miguel e Fé

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
Origem: http://coracaoavatar.blog.br/ e https://verdadetransmutadora.blogspot.com.br/
Grata Thiago!

LUZ!
STELA

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s