OS MESTRES RESPONDEM

Através de Thiago Strapasson e Michele Martini
07.04.2017

CORAÇÃO AVATAR E VERDADE TRANSMUTADORA
PURIFICAÇÃO E TRANSMUTAÇÃO
PAZ, LUZ E AMOR.

VAMOS ÀS QUESTÕES!

DECISÃO PARA SUSTENTAR MINHA FAMÍLIA

Pergunta: Eu preciso saber, tenho 4 filhos, estou desempregada e sem ajuda dos pais. O que devo fazer da minha vida com meus filhos, por onde devo ir? Meu filho mais velho está mais que revoltado e os outros são bem mais novos. Existe a possibilidade de me mudar de casa para um sítio, que já morei antes. O que devo fazer?

Resposta: Salve fia, salve o amor, salve a luz, salve a esperança e humildade daqueles que sofrem nesse mundo de Deus, mas ainda assim querem o bem de todos. Salve sua luz filha, que é grande e nessa grandeza suporta a carga mais dura, mas pesada, em prol de ensinar seus filhos o caminho do amor e do coração. Você filha, veio para esse mundo para ensinar algo a esses quatro lindos seres que estão ao seu lado, veio ensinar a humildade, o amor, o caminho do coração. Mas no mundo de hoje, na cidade grande, tem muita coisa que desvia o olhar. Por isso filha, Deus está dando a oportunidade de recomeçar não em um lugar mais fácil, porque não é, mas em um lugar que vai poder ensinar no dia a dia o caminho do amor a seus filhos. Nesse lugar que aparece na sua vida poderá ser o exemplo que veio ser a eles. Você vai mostrar o valor do trabalho digno e humilde aos seus filhos e sair vitoriosa em seu propósito que é somente dar o exemplo para que eles escolham o caminho deles. Lembre-se disso filha, sua função é dar o exemplo de amor a eles, apenas isso. Está claro filha? O pai aqui te agradece pela oportunidade de servir e te promete viu filha, que onde você for vamos estar junto a te proteger. Esteja em paz.

Pai Bendito de Angola

DEVO CHAMAR PELA PATERNIDADE DO MEU FILHO?

Pergunta: Agradeço desde já a oportunidade de comunicação. Eu estou em um dilema e vocês poderiam me auxiliar com um conselho de luz. Eu me relacionei com um rapaz do trabalho e tudo estava bem até que eu fiquei grávida. No começo ele até me ajudou, só que depois sumiu, cortou contato comigo e não me amparou em nada. Nunca quis saber do filho que hoje tem 5 meses. Sei que ele retornou com a ex esposa e teve um filho que nasceu agora em janeiro. O dilema é entre deixar para lá e esperar que a vida arrume as coisas ou me impor para que ele e a família reconheçam meu filho. Já ouvi que ele esconde essa situação e até agora eu permaneci quieta porque não quero atrair para mim ou para o bebê energias ruins.

Resposta: Minha irmã, Sou Rowena. Passa por um dilema existencial, entre fazer aquilo que deve ser feito e se privar de enfrentar a vida. O dilema que passa é a pergunta, se deve se colocar em primeiro lugar sejam quais forem as consequências. Eu digo que sim amada. Por quantas vezes lhe dissemos que o amor não existe sem o autoamor. Mas para isso precisa enfrentar o medo da crítica, do julgamento, de pensar que tenha feito algo errado. Você teve uma experiência que gerou consequências a uma pequena vida. Agora filha, deve se colocar à frente da situação, buscando por aquilo que é o correto para todos aqueles que recebem uma vida sob sua responsabilidade na materialidade. O dilema que enfrenta não é sobre qual seria a decisão correta, mas sim se devem enfrentar seus medos mais profundos do julgamento e da exposição. A resposta filha estará ancorada em sua força interior de permanecer ao centro em meio à tempestade, sem se deixar levar pelas vicissitudes da vida. Ancore em seu ato, amor, e siga a vida.

Sou Rowena

DÚVIDAS SOBRE O CAMINHO

Pergunta: Queridos Mestres obrigada pela oportunidade. Gostaria que me orientassem qual caminho devo seguir, pois estou estagnada, sem rumo. Sou casada, tenho duas filhas adolescentes, não quero mais viver com meu marido porque já sofri muito com ele, mas sou dependente dele financeiramente, pois faz seis anos que larguei o meu trabalho para cuidar das minhas filhas. Agora mais do que nunca sinto a necessidade de ter minha independência financeira. Não sei se estudo para concursos ou vou para o campo de empreendedorismo digital, ambos requerem tempo e dedicação. Vale a pena investir tempo nisso ou não é nada disso e minha missão está em outro caminho? Oriente-me, por favor. Obrigada!

Resposta: Minha irmã. Deseja que possamos te entregar uma vida pronta, segura, com o destino traçado. Mas lhe asseguro que nenhum Mestre tem esse poder. Está na hora filha, de se entenderem como criadores de sua realidade, de assumir a vida que criaram. A decisão sobre o trajeto a seguir é sua, filha. Pois a lição que necessita aprender não é a do seu sustento material, mas sim de seu empoderamento, de sua maestria, de acreditar em si. Enquanto tiver dúvidas sobre aquilo que é capaz de realizar estará nessa indecisão. Ancore sua verdade, busque no fundo de sua alma, abandonando todas as expectativas e quereres. Não coloque a culpa por suas decisões sobre ninguém, nem mesmo seus filhos. Elas foram suas e você sabe que essa é a verdade. Se quiser seguir um caminho diverso saiba que nenhum deles nascerá pronto, todos exigirão preparo dedicação, força e perseverança no resultado. Agora, sabendo disso, pergunte qual deles atende seus anseios e, assim, persevere na busca com fé e confiança naquilo que seu coração lhe pede, mas não se desvie das dificuldades, pois nem sempre o caminho mais curto é o mais fácil. Esteja em paz.

Sou El Morya

MINHA VIDA ESTÁ PRESA

Pergunta: Bom dia! Amados e maravilhosos MESTRES. Inicialmente não posso deixar de expressar minha imensa alegria e gratidão por ter sido levada a encontrar suas orientações que vem sendo o farol de minha vida atual. Muito obrigada! Em segundo lugar preciso perguntar a respeito de minha preparação: Acontece que aparentemente estou próxima a colher os frutos de uma plantação de sementes em solo muito árido, mas que mesmo diante de vários anos de atos impensados, hábitos maléficos que me maltrataram imensamente gerando em minha vida filhos não programados conscientemente, agressões físicas de companheiros, dispensa de trabalho injustamente entre outros, sempre tive minhas ações pautadas no coração. Assim hoje finalmente parece que consegui chegar próximo ao retorno positivo do olhar amoroso e compreensivo que lancei sobre estas ações, ao qual muitas vezes sequer tive a chance de me defender. Porém em minha vida as ações positivas demandam muito esforço e tenho a consciência de que sou uma guerreira da Luz, pois estou sempre na fronte. Acontece que agora preciso urgentemente voltar ao empoderamento financeiro, pois estou desempregada há pouco mais de dois anos. Sou bacharel em direito e não consegui passar na OAB, ainda. Tenho muitos anos de experiência, já advoguei em diversas ações e amo o direito, porém com três filhos pequenos é difícil me preparar. Às vezes tenho vontade de desistir e viver longe deste meio da advocacia e do serviço público, porém mesmo que eu fuja das ações judiciais, elas me perseguem, assim como a militância em face ao governo, pois se certos atos não recaem sobre mim e minha família, pessoas necessitadas de orientação e ajuda, sempre chegam até mim. Também sou do tipo que não consegue manter o silêncio diante da injustiça e acabo por me meter aonde não sou chamada, o que não me arrependo nem um pouco, pois sempre acabo por colaborar de alguma forma. Agora como já disse estou a caminho de prestar novamente este fatídico exame, bem como ter o desfecho de ações judiciais em que estou envolvida e diante de fatores astrológicos é momento de eu resolver minha situação e não posso mais me iludir. Assim quero saber se realmente estou no caminho certo e se realmente vou conseguir terminar este ciclo inacabado finalmente conseguindo este registro para advogar, pois sem ele tudo é mais difícil e desencorajador. Sei que tudo é uma questão de preparação, mas tenho outras aptidões e estou cansada de dar murro em ponta de faca. Nasci em 10/02/1977 as 8:15 da noite e Saturno parece estar me cobrando em capricórnio (casa 5), peixes (casa 7), áries (casa 8) e touro (casa 9) e não sei que atitude tomar nestes campos. Desculpe tantas palavras, mas estou muito aflita pois muitas pessoas dependem de uma escolha correta que devo fazer, bem como não posso mais decepcionar a mim e aos meus queridos amigos de caminhada que tanto me ajudam. Namastê!

Resposta: Saudações doce criança. Sinta em seu colo o aconchego de meu coração. Traz muito sofrimento dentro de ti minha irmã, muitas lutas, pois traz a crença de que a vida é uma dificuldade, que precisa ter uma opinião sobre tudo e defendê-la, que há pessoas que dependem de ti. Quantas ilusões minha irmã. Seria tão mais fácil se apenas aceitasse que é amada, que não é uma guerreira, mas uma irmã, doce e suave que procura por amor e nada mais. O que deseja no fundo é mostrar ao mundo o amor que é feita e a partir daí deixar que seus dons irradiem sua vida. Você pode pensar filha, que são palavras suaves que não facilitam seu caminhar, pois ele é duro e difícil. Mas filha entenda algo, é essa compreensão da vida que lhe conduz a esse estado de incerteza. Se a vida lhe conduz para o serviço da justiça é porque isso de alguma forma está ligado à sua essência, precisa aprender algo nesse ponto, que é o da sabedoria infinita. É uma sabedoria que não necessita ser demonstrada, mas ela deve ser vivida para ser dita sem uma preconcepção da vida, daquilo que deve ser. O que te aconselhamos é que faça seu exame, com confiança, com amor. Estude, prepare-se, mas tire esse peso de carregar o mundo sobre suas costas. Vá lá com a suavidade da vida, sabendo que é seu propósito seguir essa trilha e confia na sabedoria que traz dentro de ti. Não tente responder tudo com a mente, mas traga sua sabedoria para o agora e se utilize de sua intuição. Mas para isso precisa tirar todo esse peso, essa culpa por decisões que foram tomadas e acreditar que é muito amada, muito mais que imagina, e seguir na suavidade da vida sem se preocupar com aquilo que podem dizer de ti. Vá lá, faça seu teste e acompanhe seu abdome, ele deve permanecer solto, suave, você não deve o prender em nenhum momento, pois liberando seu plexo solar a vida naturalmente voltará a fluir. Sinta a leveza de soltar seu abdome e o deixe nesse estado. Esteja em paz.

Sou Lord Emanuel, conhecido por alguns como irmão Jesus.

PENSAMENTOS ILUSÓRIOS

Pergunta: Mestres, gratidão por todos os ensinamentos. Eu sinto muita dificuldade de viver no agora. Minha mente está sempre com pensamentos ilusórios, tenho meditado e faço o ho’oponopono há sete semanas. Também tenho sonhos com vidas passadas que me perseguem. O que pode estar acontecendo para eu não ter me libertado ainda?

Resposta: Olá filha, sou Pórtia. Estaremos sempre ao seu lado, a estender as mãos nesses momentos. Filha, você vive um momento de sua vida onde se culpa por acontecimentos do passado. Está a carregar antigas energias que, embora já liberadas, são trazidas até você por sua mente que insiste em não modificar antigos comportamentos de medo, de angustia, de temor pela vida. Para que encontre seu caminho deve buscar essa liberação dos medos que a assombram, daquilo que te segura e te geram esses pensamentos inquietantes. Por muito tempo filha, evitou tomar contato com determinados sentimentos que agora afloram dentro de ti. É hora de liberá-los, mas não necessita trilhar só esse caminho, se necessário busque por ajuda, por alguém que lhe segure na mão para atravessar e rio de amarguras que segura em seu coração. Mas saiba filha, que é você que terá que atravessar o rio com sinceridade no propósito de cura interior. É hora de aceitar tudo aquilo que guardou dentro de ti e trazer para a cura e liberação em sua vida. Esteja em paz.

Sou Pórtia

PORQUE NÃO CONSIGO PROSPERAR?

Pergunta: Bom dia. Quero saber por que não consigo prosperar. Sempre tenho bons empregos, fui proprietária de comércios, mas morro na praia com mais dívidas. O que tenho que aprender e fazer para prosperar. Onde falho? Obrigada!

Resposta: Salve fia. Salve a luz que ilumina seu dia, o prato que possui na mesa, a família que traz em seu coração. Salve fia, salve a força de Maria que em seu ventre trouxe Jesus a nos ensinar a amar. Salve fia. A fia diz que morre na praia, nada, nada, nada, e morre na praia. Sabe por que fia? Porque você tenta subir a montanha com a pedra grande e quando cansa ela rola morro abaixo e então a filha volta e começa a levar a pedra de novo. (risos). E se subir o morro sem a pedra? Já pensou nisso. Mas para isso a filha precisa entender que na vida há o necessário, aquilo que criamos para o sustento, pois o que temos de maior não está nos bens materiais, mas naquilo que levamos dessa vida. E o pai fala daquilo que é eterno. Responda você mesma filha se já encontrou aquilo que é necessário à vida, se já te faltou algo? Então filha, aprende a subir o morro sem a pedra. Porque na matéria a pedra sempre vai junto, você entende isso? Não tem vida material sem pedra para subir o morro. O morro sem pedra é só aquela voltada ao amor, à ajuda ao próximo, à caridade, à benevolência com os irmãos. Aí sim, a filha vai encontrar um morro mais fácil de subir. Tá certo? Fica em paz filha.

Pai Benedito de Angola

* Para enviar uma pergunta aos Mestres, acesse o site: http://www.pazetransformacao.com.br/ e preencha o formulário ao lado direito da página inicial. O formulário permanece disponível somente às segundas-feiras.

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
Thiago Strapasson (http://coracaoavatar.blog.br/) 
Michelinha OM (http://verdadetransmutadora.blogspot.com.br/) 
Colaboração: Ilza Barreto.
Grata Thiago!

LUZ!
STELA

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s