OS MESTRES RESPONDEM

OS MESTRES RESPONDEM

Através de Thiago Strapasson e Michele Martini
13.04.2017

CORAÇÃO AVATAR E VERDADE TRANSMUTADORA
PURIFICAÇÃO E TRANSMUTAÇÃO
PAZ, LUZ E AMOR.

VAMOS ÀS QUESTÕES!

PREOCUPAÇÃO COM O FILHO

Pergunta: Amados Mestres, Gratidão! Estou muito aflita sem saber como ajudar meu filho de 13 anos, há uns três anos que ele mudou, e de vez em quando têm rompantes agressivo tendo diversas vezes me agredido, por favor, me digam o que está acontecendo com meu filho, o problema é espiritual? Ou ele tem algum distúrbio psiquiátrico? Outra dúvida que muito me aflige é se ele tem dislexia ou déficit de atenção, pois têm dificuldade em se concentrar e memorizar nos estudos, será por isso o desestímulo para os estudos? Por favor, preciso esclarecer essas dúvidas, me orientem o que devo fazer, se necessito levar em alguma especialidade médica e qual a especialidade. Se isso for necessário me guiem ao profissional que será capaz de realmente ajudá-lo. Saudações, Paz, Amor.

Resposta: Saudações minha irmã. Falamos aqui da força da união familiar, da força de querer o bem daqueles que são próximos a nós, principalmente daqueles que no ventre levamos e conduzimos na vida. Mas minha irmã, você precisa pesar seus sentimentos, conduzindo seu filho para algo que lhe traga prazer, que lhe chame a atenção, que o conduza a ter aplicação sobre as tarefas da vida. A vida que pensamos a nossos filhos nem sempre é a correta para eles, então o papel dos pais é ajudá-los a encontrar o caminho. Mas isso deve ser feito sem revolta, sem imposição, com abandono de nossas crenças, nossos quereres, deixando que eles descubram seu caminho, por si próprios. Imagine filha, um riacho que desce a montanha. Ele vai esbarrando nas pedras, nas quedas e em tantos obstáculos, mas continua seu caminho. Você filha, é o caminho do riacho, mas não será capaz de impedir os obstáculos. Seu filho deve ter contato com os obstáculos, pois você estará lá a o ajudar a conduzir no caminho. Não imponha nada a ele, não exija, apenas permita filha, que ele se desenvolva que encontre os obstáculos da vida, pois será isso que o trará de volta ao fluir da vida. Seu filho cresceu e é típico da idade dele, a explosão da revolta interior, da busca de si mesmo, para que então possa sair pela vida como um adulto que ancorará seu propósito de alma. Seu papel minha filha, é de instrução, mas isso deve ser feito apenas o acompanhando, observando para que o caminho se mantenha, mas sempre deixando com que ele descubra por si próprio os meandros da vida. Uma das orientações é ajudá-lo a descobrir atividades que tocam o coração dele, através de uma boa conversa, e então o incentive a buscar por isso. Mas filha, que toque o coração dele e não o seu. Ajude-o a descobrir aquilo que o faz bem que naturalmente essa revolta cessará, ele se preencherá através dessas atividades. Esteja em paz, na confiança que Deus é o leme da vida.

Serapis Bey

DEVO DESISTIR DE TER UM COMPANHEIRO NESSA VIDA?

Pergunta: Há alguns anos mudei meu trabalho, minha vida, e acredito que agora estou mais alinhada ao meu propósito. Sinto-me feliz, porém, gostaria de ter um companheiro para dividir essa jornada, essa é uma busca antiga. Meus relacionamentos me deram grandes aprendizados, mas todos acabaram de forma muito dolorida para mim. Vou conseguir ter um companheiro para essa vida, baseado no amor e admiração mútuos? O que preciso fazer para que isso aconteça? Ou devo desistir desse desejo e focar apenas em meu trabalho? Gratidão, Mestres! Gratidão ao Canal!

Resposta: Amada irmã. Tu estarás envolvida na paz da sua própria presença, e será nesse momento que receberá com toda a graça a companhia daquele que trará para ti essa completude. Mas percebas que primeiramente necessitas estares envolvida em tua própria paz. E feliz com a sua presença. Sem isso minha querida, encontrar alguém será apenas para preencher algo que não encontraste em ti. Mas esse preenchimento seria ilusório, já que a sua jornada de evolução de alma é somente para ti, é individual. Você, através dessa experiência perceberá que aqueles que serão suas companhias a envolverão em completude, virão apenas para agregar na sua missão. Mas para isso, minha querida, terá que ter o teu coração aberto para receber. Hoje ele permanece fechado pelo medo da solidão, e como tudo na natureza, quando é exercida uma força acaba atraindo aquela força contrária. Por isso minha querida, estive inserida em experiências durante minha encarnação como Clara, onde permaneci afastada de Francisco. Mas ainda assim o nosso coração era unido em amor. E cada um buscou a completude interior em sua própria experiência que, como eu disse, é individual. Portanto, não há motivo para preocupar-se. Aquele que tem a energia a agregar à sua experiência de evolução, será atraído naturalmente para ti no momento certo, se assim permitires permanecendo somente na sua busca interior. Afinal, minha irmã amada, não se sentiria completa em um relacionamento onde um torna-se dependente emocionalmente do outro, e por isso, o tempo é necessário para que esteja preparada para atrair energeticamente aquele que a completará. Fique em paz minha irmã.

Sou Clara

QUAL A MINHA MISSÃO COM O MEU MARIDO?

Pergunta: Queridos Mestres, obrigada pelo retorno que tenho e que muito tem me ajudado no meu caminhar. Sinto que preciso resolver minhas pendências. Tenho muitas dúvidas quanto ao meu casamento. Não sei mais qual caminho seguir. O que sinto é um tremendo desconforto às vezes com o meu marido, o que acaba abrindo um distanciamento profundo. Qual a minha missão com ele?

Resposta: Querida irmã. Somente poderás compreender o que ocorre em seu coração, quando deixares de olhar para o outro e criar expectativas e condições para que você seja feliz. Perceba que apenas você é responsável pela sua própria felicidade, e o seu esposo está seguindo a vida dele buscando o que traz felicidade a ele. O fato de gerar em ti expectativas de que ele siga a sua trajetória e não a dele acaba frustrando o seu coração e cria cada vez mais a falsa ilusão que está em um relacionamento problemático. Na verdade minha querida, o seu marido não é o causador do seu desconforto e sim o fato de colocar a carga sobre ele de responsabilidade sobre a sua própria felicidade. Afinal, minha irmã, como ele poderia ser responsável pela sua felicidade? Por isso, busque em ti o que a faz feliz. Siga em paz o seu caminho e permita que ele siga o caminho dele. Permanecendo juntos para agregar experiências. A divergência de opiniões e de vontades se dá pelo fato de que vocês juntos agregam conhecimento mutuamente. Mas cada um respeitando o espaço e a vida do outro. Se passar a observar a sua vida e o seu relacionamento dessa forma, perceberá que não há com o que preocupar-se. Apenas comece a viver a sua vida da forma que ama e se sente feliz, sem cobranças. Fique em paz minha irmã.

Sou Clara

DÚVIDA SOBRE O GRUPO ESPÍRITA O QUAL FAÇO PARTE

Pergunta: Amados Mestres, gostaria de receber um direcionamento do momento em que o centro espírita que frequento tem passado, seria um momento de mudança? Como devo me situar dentro do grupo? Uma parte do grupo é espírita outra universalista, mas eu não vejo êxito na questão de difundir o espiritismo e sim uma abertura de mentes. Queremos atuar mais na prática da espiritualidade para desenvolver os mediadores de energia e ajudar mais as pessoas. Acredito que os mentores têm muito a nos direcionar como grupo. O que poderia ouvir da espiritualidade que pudesse me ajudar entender o momento que vivemos?

Resposta: Olá minha irmã, sou Bezerra de Menezes, um irmão que já esteve entre vocês, como sabe. O que se passa é que vocês ainda se fecham em dogmas minha irmã, em crenças, em conjecturas e possibilidades. O grupo ainda não se colocou no fluxo, mas se ancoram na mente onde algumas verdades se colocam como maiores que outras. E não existe verdade, senão aquela que parte do coração. O que o grupo necessita compreender é o valor da aceitação entre si, de aceitarem com que cada um siga aquilo que seu coração pede e assim conviverem com as diferenças, sejam elas de que forma for. Pois minha irmã, são detalhes tão pequenos quando o que importa é o amor de Jesus, é a lição que o Mestre nos deixou. A resposta para ti é simples minha irmã, você concebe Jesus se inserindo nessas discussões? Ou ele iria até lá simplesmente para ser o exemplo e estender a mão aqueles que necessitam. Seja cada um ao seu modo o exemplo maior de Jesus, os filhos que ele deixou a propagar suas lições apenas estendendo a mão a todos que os procurarem. Essa é a função do grupo e, para isso, se utilizem de todas as ferramentas que estiverem à disposição, pois tudo o mais é ilusão e restrição da mente. Esteja em paz minha Irmã.

Dr. Bezerra de Menezes

SINTO MEU CORAÇÃO PALPITANDO

Pergunta: Olá, amados Mestres! Primeiramente, gratidão pela resposta recebida. Sinto que estou no processo de despertar, mas gostaria de saber o porquê de sentir meu coração palpitando, principalmente à noite. Isso aconteceu mais intensamente também quando fui ao centro espírita. Desde já agradeço a vocês, amados e aos trabalhadores que tornam isso possível.

Resposta: Filha. As palpitações que sente são apenas os sintomas de sua expansão, para que se atente aos chamados de seu corpo e passe a o observar. O corpo é um valioso instrumento de interiorização, por estar conectado à fonte é capaz de nos mandar sinais que nossa consciência não observa. Cada um desses sintomas é um sinal das energias que passam sobre ti e expandem seu campo energético. Esteja atenta ao sentir, pois ele te conduzirá a uma expressão de si mesma mais elevada e autêntica. Esteja em paz.

Sou Hilarion

RELACIONAMENTO COM MINHA MÃE

Pergunta: Mestres, gratidão por todo o auxílio e orientações que venho recebendo. Venho pedir ajuda em relação a minha mãe, pois tenho dificuldades em entendê-la. Ela é depressiva e sente muitas dores no corpo, se sente fraca e tem um temperamento difícil, sendo exigente e muito crítica, por esse motivo parece que estou sempre a dever algo a ela. Não sei mais como agir, às vezes sinto que poderia fazer mais, aí vem à culpa, pois tenho muita gratidão por ela, porém as cobranças me deixam em conflito, se não faço me sinto egoísta e ingrata, se faço o que ela espera, vai contra minha vontade. Gostaria de uma orientação para poder entendê-la melhor, não me sentindo mal por dizer não, e assim vivermos em harmonia. Minha eterna gratidão á todos e a Luz.

Resposta: Minha amada irmã. Sou seu irmão de amor, Jesus. Eu sei que sente por sua mãe a vontade de auxílio, mas compreenda que nem sempre aqueles que se encontram próximos a nós podem ser ajudados. A ajuda principal não depende de nós, mas sim da força de vontade e de recuperação daqueles que enfrentam os infortúnios da mente. Antes de pensar em sua mãe deve pensar em ti, em buscar sua felicidade, em se desligar desse esquema emocional que você se inseriu. Vocês montaram um vínculo energético de controle e apego emocional entre ambas. Onde uma prende a outra, pois ao tentar dar todo o auxílio que sua mãe necessita você a ajuda a continuar nesse estado e acaba por prejudicar. A melhor forma de ajuda que pode dar é se desvincular desse esquema emocional, romper com isso, desapegar, abandonando-a emocionalmente, deixando de sentir culpas, gratidão, ou qual seja sentimento que nutra em relação a ela. Ao final ficará apenas um carinho fraterno entre almas afins. Mas você não é responsável por ela, pois como um ser divino sua mãe possui mentores, anjos e toda a espiritualidade a ajudá-la. O que deve fazer é ter força para romper com esse vínculo no qual vigoram chantagens emocionais de ambos os lados. Deve seguir seu caminho, pois ao assim fazer sua mãe sentirá o desamparo e esse sentimento será de onde ela tirará as forças para se reestabelecer. É um caminho árduo, de dor que deverá enfrentar, mas a fé em Deus a manterá no caminho do coração e da verdade. Esteja em paz.

Jesus

* Para enviar uma pergunta aos Mestres, acesse o site: http://www.pazetransformacao.com.br/ e preencha o formulário ao lado direito da página inicial. O formulário permanece disponível somente às segundas-feiras.

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
Thiago Strapasson (http://coracaoavatar.blog.br/) 
Michelinha OM (http://verdadetransmutadora.blogspot.com.br/) 
Colaboração: Ilza Barreto.
Grata Thiago!

LUZ!
STELA

Anúncios