DÉJÀ VU

PODERIA O DÉJÀ VU SER UMA MANEIRA 
DE OBTER INFORMAÇÕES DE OUTRAS DIMENSÕES?

Déjà vu é um dos fenômenos pouco conhecidos e misteriosos de nossa psique. Muitas pessoas às vezes sentem que uma situação em sua vida já foi experimentada antes em todos os detalhes. Mas como e quando? Esse fenômeno é chamado Déjà vu, que em francês significa ‘já visto’.

É uma condição em que uma pessoa sente que experimentou uma situação do presente anteriormente, mas o sentimento não está associado a um momento específico do passado, mas refere-se ao passado em geral.

Déjà vu é bastante comum. Psicólogos acreditam que 97% das pessoas experimentaram pelo menos uma vez. Às vezes as pessoas têm medo do Déjà vu e se preocupam com sua saúde mental.

As razões que causam o fenômeno ainda não são claras. Pode ser causada pelos processos nas partes do cérebro associadas à memória e percepção. Há uma hipótese que às vezes a informação percebida chega às áreas da memória mais cedo do que à área da análise primária. Assim, o cérebro, comparando a situação já recebida pela memória, conclui que já aconteceu antes.

O cérebro humano funciona com a ajuda da eletricidade biológica. Recebe energia bioelétrica de todo o corpo e de si mesma. Os dois hemisférios do cérebro concentram energia de diferentes maneiras. O hemisfério esquerdo concentra impulsos elétricos com carga negativa, e o hemisfério direito – os com carga positiva.

A diferença de potencial resulta em um aumento múltiplo da energia elétrica entrante de ondas de baixa frequência. Mas há também uma corrente de alta frequência, que é percebida pelo nosso cérebro e corpo como um todo do ambiente. Esta energia sutil de alta frequência é utilizada pelo nosso sistema nervoso para fornecer todas as funções fisiológicas e psicológicas.

A ciência já provou que nenhum homem ou qualquer outro ser vivo pode sobreviver sem a energia sutil. Ao mesmo tempo, nosso cérebro também pode produzir esse tipo de energia. Isso acontece durante o processo de pensar porque, como resultado da atividade mental, eletricidade densa é convertida em sutil.

A energia sutil tem sido conhecida pelo homem há muito tempo.

Psicólogos chamam isso de energia mental ou espiritual, a física – a energia do vácuo físico.

Os cientistas descobriram uma partícula elementar desta energia – o psychon, um análogo do elétron na energia densa.

Estudos psicofísicos têm mostrado que o pensamento é primariamente um processo de produzir a eletricidade sutil com certas características da informação. Assim, alguns psíquicos podem ver formas de pensamento como campo elétrico sutil em cores diferentes.

A psicologia ainda não pode descrever detalhadamente essa característica de nossas formas de pensamento. Mas realizações experimentais no campo da física quântica provam a própria possibilidade da existência de formas de pensamento como energia simultâneas em diferentes continuidades espaço-temporais.

Está provado que o quantum pode existir em lugares diferentes ao mesmo tempo!

*A astrofísica confirma esta possibilidade com a descoberta de que a luz de estrelas distantes chegam do passado, do presente e do futuro simultaneamente.

Assim, se uma pessoa está experimentando o Déjà vu pode ser o resultado da informação trazida por suas formas de pensamento intensas do passado ou do futuro.

Nós temos uma possibilidade maravilhosa e misteriosa à primeira vista de obter informações de diferentes continuidades espaço-temporais conectadas conosco através de nossas formas pensamento.

Formas pensamento muito fortes e mantidas são criadas sob a influência de intensas emoções e motivações. Portanto, pessoas muito emocionais como comportamento dominante são mais propensas a experimentar o Déjà vu.

Déjà vu não é um distúrbio mental e não há necessidade de se preocupar se você está experimentando.

Tente obter a satisfação emocional deste fenômeno e o medo desaparecerá imediatamente. Novos estudos sobre o fenômeno ajudarão a controlá-lo conscientemente e usá-lo para explorar as habilidades psíquicas humanas.

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
http://www.learning-mind.com/could-deja-vu-be-a-way-to-obtain-information-from-other-dimensions
Tradução Vilma Capuano – vilmacapuano@yahoo.com.br
Grata Vilma!

LUZ!
STELA

Anúncios