OGUEM FORA TODAS AS TUAS PREOCUPAÇÕES

JOGUEM FORA PREOCUPAÇÕES COM A POLÍTICA E COM O MUNDO
ARCANJO MIGUEL
Mensagem canalizada por Sandra Ramos
24 de maio 2017

Canal: Olá arcanjo Miguel te senti por todo meu dia e espero poder entender sua mensagem.

Olá queridos,

Eu Sou arcanjo Miguel, e vim aqui lhes falar sobre desapegar de velhos conceitos enraizados em sua sociedade e em vocês, para enfim abrirem espaço para o novo. Para instalarem dentro de vocês as mudanças da nova era, se faz necessário jogar todo o lixo velho acumulado por muitas eras, muitas vidas e por toda sua vida.

Você precisa se livrar de todo o passado inútil, se desapegar de quem você era ontem para deixar vir e abrir espaço para seu ser divino, parar de pensar no passado e ver a perfeição do momento presente.

Seu momento divino começa agora, sua nova era se instala agora, basta deixar para trás o que já se foi, aceitar sua divindade agora e confiar que não importam as aparências, tudo está bem, tudo é perfeito assim como é e está.

Vamos fazer uma viajem para que na visão da pureza de uma criança, você possa reconhecer o que não faz parte de sua essência verdadeira, vamos descobrir lixos conceituais e prisões mentais limitantes, para que possa se livrar de tudo isto e ser livre, leve e puro novamente, poderá assim perceber sua perfeição e a perfeição do mundo… assim como é, assim como está.

Sinta quem tu és de uma forma pura, sem julgar-se… sinta sua respiração, sinta o bater de seu coração… pare… não pense… respire profundamente… E vamos fazer uma viajem até sua infância, feche os olhos e se veja com a pureza da criança que um dia você foi, veja sua perfeição, a leveza, a ausência de preocupações, a felicidade com tão pouco, o amor simples e desinteressado por tantos, não haviam regras ainda, apenas um mundo a ser descoberto… feche os olhos lembrando-se disto………Viram…?! Em sua visão… apenas um mundo intrigante e desconhecido pronto a ser descobertos por seus olhos curiosos e ansiosos em ver mais e mais…

Agora veremos o que não é você, o que foi lhe ensinado, ao que lhe padronizaram para ser aceito, regras para ser correto, com quem conversar, quem podemos abraçar, dizer eu te amo, você era puro mas aprendeu que não se deve fazer isto, nem fazer aquilo, gritar, correr de felicidade, brincar com o brinquedo que quiser e onde quiser, dançar e rir com plena felicidade… quantas coisas se tornaram chatas e massantes com o passar do tempo porque não passavam de obrigações.

Por que não a diversão? O que há de errado na diversão? Porque aprendemos a ser sérios? Porque não podemos rir a toa? Fazer nada… correr só porque o sol está brilhando, cantar e pular pela casa, porque não? de onde vem esta regra? Uma regra social, que junta o que vestir, como agir. quem podemos abraçar, cumprimentar, raramente podemos falar eu te amo.

Aprendemos com o tempo… o que é pago, o que não se dá, o que não se pega e vamos esquecendo que todos somos um… tente ver com estes olhos… semelhante ao olhar da criança, aquela mais jovem que ainda nada ensinaram: Todos somos um…. todos…

As pessoas que nunca conversaram contigo também fazem parte deste todo… pessoas do outro lado do mundo, países vizinhos, a natureza, os animais, este ar tão carregado de prana, tudo faz parte do um… quando todos somos um, não há quem julgar, não há certo, não há errado, não há regras… apenas há um respeito pela divindade de cada um… esta regra basta esta regra é o Novo… simplesmente respeito.

Vocês podem rir, podem correr, dançar, abraçar, podem não fazer nada… Basta então, para ser respeitado: respeitar afinal, somos um… como posso não respeitar o irmão se ele é parte de mim?

Como posso me ver separado se somos parte do todo?
Como posso não dizer eu te amo se amo profundamente?
Se a vida é tão bela que tenho vontade de gritar… de alegria… porque não?

Porque não ser feliz?

Qual o problema de trabalhar com o que gosta, qual o problema de fazer de graça, ou de cobrar, qual o problema? Não há certo nem errado…

A vida é dada a nós, o momento do presente nos é dado… é um verdadeiro presente e podemos nos doar também… doamos nossa arte , doamos nosso dinheiro, recebemos também… recebemos amor, recebemos dinheiro, recebemos flores do mundo, com os olhos bem abertos e atentos ao momento presente, como uma criança que retoma suas descobertas de onde em seu momento mais puro parou.

Jogando fora tudo que nos aprisiona, tantos conceitos, o medo… porque temos que ter medo?

Vamos ficando adultos e aprendendo a ter medo, pra que serve o medo?
Como o medo pode ajudar uma pessoa? Qual a utilidade verdadeira do medo?

Vou citar um exemplo: Uma mãe que não se preocupa com o filho atrasado para chegar em casa é desnaturada…!?! De acordo com sua sociedade isto é desnaturada e mostra que ela não ama seu filho… isto é um julgamento se vermos na perspectiva do Novo…

Afinal, por que uma mãe TEM QUE ficar preocupada?
Por que o amor nos leva a nos preocupar?
Qual a utilidade verdadeira da preocupação e do medo?

Pense um instante sobre isto… no que uma pessoa preocupada está ajudando…

Então como jogar fora este conceito tão enraizado: Uma mãe que ama se preocupa.

Para que serve a preocupação?
Que tipo de energia emanamos quando ficamos preocupados?

Por que não simplesmente lembrar e em vez de se preocupar e, então, confiar no universo?

Vamos aprender o Novo: Quando vem a suposta situação, você confia no universo e sua energia será muito melhor com calma, saiba e confie que o que acontecer será perfeito, então emane luz…

Imagine sua luz chegando até aquela pessoa, chegando até seu filho, à sua mãe ao seu pai, não se preocupe com mais nada, apenas confie, de nada adianta ficar nervoso, pois sua energia abaixa e fica imprestável… nenhuma utilidade há na preocupação.

Você deve confiar… confiar… confiar que seja lá o que acontecer, aconteceu porque tinha que acontecer, e é perfeito, sua preocupação não muda nada, pode até piorar, com sua energia de preocupação a situação pode até ser piorada…

Já a pessoa que permanece calma, emanando luz, consegue até sorrir, fazer outras coisas e ser útil…. Não julgue ela desnaturada, ela está fazendo o seu melhor, amar não é sinônimo de se preocupar, amar é aceitar o que vier, da forma que vier…

Vamos jogar os medos fora, você não precisa mais do medo para sobreviver, o medo, a desconfiança, o ciúmes, a preocupação, a ansiedade, da insegurança, do medo das mesmas situações ruins se repetirem…. isso é o velho, essa crença de que o passado sempre volta com os mesmos erros é um conceito extremamente limitante que te faz não confiar no universo, atrair sempre velhas situações e não deixar o novo se instalar em sua vida…

Confie no amor que brilha em seu coração, jogue este medo de tudo fora, você aprendeu que ele era necessário, mas ele não é… Emane luz para todas as lembranças ou preocupações, confie que o futuro será luminoso, já que você está emanando luz e alegria, você atrai cada vez mais luz e alegrias.

O medo é lixo, é o pior lixo… jogue este lixo fora, faça esta faxina em seu interior, como se olhasse sua casa canto por canto e jogasse cada objeto e papeis inúteis que já não lhe servem mais, que apenas ocupa espaço e te atrapalha para encontrar o que realmente importa e é útil. O lixo dos conceitos sociais de como você deve se vestir, se comportar, se preocupar, agir, qual é a postura, o sorriso certo, qual é o jeito de não interferir… de ser um robô…

A sociedade nos criou como robôs, e não humanos livres, assim somos padronizados e com o mínimo de personalidade e alegria, com o máximo de seriedade, mais fáceis de controlar e dominar através do dinheiro, pessoas que se escravizam pelo dinheiro, pois precisam consumir mais e mais.

Vocês não precisam mais consumir tanto, vocês já tem tudo…

Pensem no que vocês já tem, quantas coisas, há muitas coisas sobrando, inúteis, são roupas utensílios domésticos, vocês nem precisam de tudo o que tem, quantos objetos ficam mais de um ano guardados, vocês nem usam, reparem, vocês tem mais do que precisam… Desapegue disto também…

O acumular é uma outra forma de medo, o consumir sem parar, é uma insegurança… Você é o que é sem precisar de objeto algum , você é perfeito assim como você é, não precisa ter o carro do ano, a roupa mais bonita, ter o cabelo perfeitamente penteado, o sapato combinando, você só precisa ser feliz, e o que vão pensar?…. Que você é feliz…!! Oras!!

Este medo social do que vão pensar, é muito antiquado, está na hora de jogá-lo fora…!

O Que vão pensar?!!! E daí?!!! Apenas seja feliz!

Jogue fora, procure em suas gavetas internas todo este lixo, são coisas relacionadas ao medo, à insegurança, a se achar menos, há até um medo de encontrar o seu Eu Sou, vai saber o que vão encontrar dentro de vocês… e se…?!

Vocês precisam sempre de um pé atrás:

Não posso deixar este trabalho que não gosto, pois senão eu provavelmente vou passar fome, não posso fazer este trabalho que eu me divirto, sou tão feliz, porque não me dá uma renda…

E sua felicidade não conta?

Não posso doar estas coisas, estas roupas, vai que eu preciso?! Preciso consumir mais, pois este objeto pode me fazer falta… não posso conversar com aquela pessoa, vai que ela está magoada comigo…

Jogue fora preocupações com a política e com o mundo…

Tenho que estar informado, tenho que estar por dentro, confie no universo… Perceba que tudo que está acontecendo é maravilhoso, tudo que estão vendo e que parece um caos é apenas a mudança… uma maravilhosa mudança no mundo e em seu país… Toda a confusão que passar em sua cabeça… admire também, ela é a mudança…

Finalmente estas convenções inúteis estão mudando por toda a parte. Que maravilhoso mudar, teremos um mundo novo para descobrir como aquela criança pura sem cargas, pesos e conceitos. Só que agora com a liberdade do novo, pois chegou a hora e vamos jogar todo este lixo velho fora!

Pense na faxina que você vai fazer dentro de você, semelhante à faxina que você pode fazer em sua própria casa, esta faxina está ocorrendo agora em seu país e em todo seu mundo você não tem que se preocupar, apenas emane sua luz, sua calma, sua confiança, tudo está bem, apenas confie…

Observe curioso e admirado, o Novo surgindo por debaixo de tantos escombros que estavam encrustados e agora se soltam a cada dia, sob uma intensa luz onde todos podemos observar a mudança dia após dia.

Comecem agora a agir de acordo com o Novo, comecem a ser feliz, a desapegar do velho, abram espaço para o novo, para viver o aqui e o agora, sem dependências, sem mascaras, sem medos, sem necessidades tolas…

Descubra quem você é, qual é seu mundo ideal…

Você quer um mundo novo, você quer ver a nova era…? Comece mudando o seu mundo e instale em sua vida uma Nova era, uma era de luz , amor, confiança em tudo o que o universo te traz… Alegria, felicidade plena, liberdade, uma nova era que basta ser você mesmo, você se sente feliz sendo você mesmo, não precisa de nenhuma bagagem pesada, conceitos que carregou nas costas por tantos anos, pesquisem…

Escrevam estas descobertas, deixem bem claro e inegável esta sua faxina, e então jogue fora, pois você não precisa de nada, para viver o presente, desapegue de seu passado, vá nos cantinhos mais escuros e descubra… descubra você… você está lá… puro como uma criança, que não precisa de nada para ser feliz… ela sabe que é parte de Deus, que é amada e que é livre para amar a todos sem restrições.

Seja livre para amar, fazer o que você quer, instale em sua vida a Nova Era…

Namastê

Arcanjo Miguel 
em comunhão com Sandra Ramos

Nota da Canal: Reparem a data… no dia 23, fui contatada por mestre El Morya em plena aula de Yoga, me pediu para sintonizar-me com Miguel, pois ele tinha uma mensagem para passar… já senti seu conteúdo e reparei a própria professora Norma falando do mesmo assunto que senti, 2 outras mensagens que ouvi na internet também abrangiam este mesmo assunto… e fui percebendo como o enredo seria longo, fui sentindo não só Miguel ao meu lado como respostas do que em nosso dia a dia está velho e nos atrapalha, espero ter abrangido bastante assuntos, a intensão de Miguel é que investiguemos bem a fundo nossas crenças limitantes que atrapalham nossa pureza e capacidade de ser feliz… Pelo jeito isso se faz urgente! Então ontem gravei em áudio… (daqui uns 3 dias posto) e fui passar para o papel e ficou até maior com mais inspirações… acabei só hoje… e hoje 24 também ouvi mais uma mensagem de Luciana Attorresi sobre : a felicidade é um subproduto da liberdade… que ela gravou ontem após uma comunhão com o Osho Percebi que as mensagens e as energias ficam no ar para todos os mais sensíveis captarem… foi realmente muito nítido… 
Realmente Somos Um 
Namastê
Sandrinha.

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
Origem: https://correntesdeluz.blogspot.com.br
Mensagem enviada por Regina Drumond
Grata Regina!

LUZ!
STELA

Anúncios