PERGUNTEM AOS MESTRES

Através das Vozes Celestiais
Mensagem canalizada por Toni e Peter
13 de Julho de 2017

UMA APRESENTAÇÃO PRÉVIA DOS ENSINAMENTOS DOS MESTRES

A capacidade de ver muitos pontos de vista é, muitas vezes, louvada na sociedade humana, mas um questionador Indiano acha que isto interfere na escolha entre as opções. Os Mestres oferecem orientação.

Uma Finlandesa se pergunta por que ela não consegue visualizar pessoas ou coisas. Os Mestres asseguram que isto é normal para ela e sugerem que ela se concentre no sentimento.

Uma Americana sofreu com as infidelidades de seu marido. Os Mestres abrem os seus olhos sobre o homem e a incentivam em suas lições de vida.

Vocês podem ler estas perguntas e respostas na página de Mensagens, no site dos Mestres: http://www.mastersofthespiritworld.com/ (ou abaixo)

Para traduções do manual dos Mestres sobre a Reencarnação, cliquem neste link: http://celestialvoicesinc.com/?page_id=24 – , ou na guia Livraria, no site dos Mestres.

Façam o download do seu manual gratuito dos Mestres, na nova tradução em Francês, ou em qualquer dos outros ONZE idiomas listados(até agora).

Amor, Luz e Risos
Toni e Peter

Celestial Voices, Inc 

AS PERGUNTAS

MINHA MENTE REPLETA

PERGUNTA: Mestres, a minha pergunta é em relação ao nosso eu interior que conversa em nossa mente. Sinto que há sempre muitos lados de um ponto que continua em minha mente sempre que há uma escolha que precisa ser feita. Isto me deixa confusa sobre o caminho que eu deveria seguir, ou que deveria ter seguido. Poderiam, por favor, esclarecer-me sobre como relaxar e seguir o fluxo quando há tantos pontos de vista em minha cabeça que estão acontecendo? – Shini, Índia.

RESPOSTA: Contido em sua cabeça está tudo ao que você esteve exposta desde que entrou nesta forma humana. Isto inclui coisas que lhe foram ditas, coisas que você observou e coisas que leu. Além disto, há outra seção que é contribuída pelos aspectos inconscientes, incluindo toda a atividade em que a sua alma participou em todas as suas encarnações no mundo físico. E se isto não for suficiente, você também tem acesso às comunicações dos seres não físicos, tanto aqueles que a estão guiando da luz e os desencarnados, se você lhes permitir que eles adicionem as suas opiniões.

Você está com o seu livre arbítrio no controle de toda esta informação. Você pode determinar o que permite ser de influência e o que está ao redor para ruído de fundo. Se estiver procurando uma maneira de perseguir as suas lições de vida e a jornada espiritual, você precisa sair do julgamento do ego e ir para a avaliação amorosa. Isto você faz ao rejeitar quaisquer pensamentos que sejam acompanhados de julgamento, avaliação e classificação das possibilidades que eles expressam.

Uma vez que você tenha removido a sugestão competitiva, o próximo passo é executar todas as propostas restantes através de sua intuição, ou os seus “sentimentos” para ver o que ressoa com você. Há inúmeras coisas que você escolheu aparecer em sua vida e estas serão reconhecidas por você se avaliá-las com a sua essência interior.

Não escute o que os outros dizem porque eles não estão no seu lugar, eles não estão vivendo a sua vida. Não ajuda você se preocupar com a forma com que alguma outra escolha possa ter funcionado após o fato. Basta estudar e ver o que você aprendeu com as escolhas que você fez.

Relaxe. Sinta. Não tenha pressa para completar qualquer coisa a menos que sinta que esteja na direção que você procura. Você só pode realmente se comprometer com uma opinião por vez, então, tenha o seu tempo para escolher. Se você se encontrar lutando com uma opção, você entrou no julgamento, então, ignore e mude para outra coisa.

SENDO INCAPAZ DE VER

PERGUNTA: Mestres, não consigo gerar imagens mentais claras. Suponho que tenho uma condição chamada afantasia (incapacidade de gerar imagens mentais). Há uma razão espiritual ou relacionada com vidas passadas para isto? Ou é de origem física e tem a ver com a glândula pineal? Há algo que eu possa fazer para superar esta condição e ser capaz de ver com o olho da minha mente, como faz a maioria das pessoas? – Hanna, Finlândia.

RESPOSTA: Sua primeira hipótese, que a maior parte das pessoas pode visualizar imagens mentais claras, está incorreta. O termo “afantasia” é uma palavra recém-reconhecida para descrever as pessoas que são incapazes de criar imagens com as suas mentes. É muito mais comum do que você acredita. Isto pode estar ocorrendo naturalmente ou ser o resultado de uma lesão traumática ou um mau funcionamento neurológico.

Muitas pessoas que têm esta condição estão inconscientes disto, a menos que elas estejam em um caminho espiritual onde elas meditam e se tornam uma parte do grupo que usa a visualização como ajuda pedagógica. Isto é uma condição que ocorre naturalmente para você nesta vida. Você queria realmente estar envolvida em suas práticas espirituais e decidiu criar uma desvantagem que a faria se interiorizar e trabalhar muito para “sentir” em vez de “ver” as suas conexões com os espíritos e outras pessoas.

As sensações de energia são importantes para você, e você pode sentir a “assinatura” de várias almas por como se sentem. Uma vez que você desista de tentar “ver” tudo e imaginá-los de acordo com a forma com que se sente em sua presença, você não irá perder as “imagens”. Em vez de uma visão, as coisas serão representadas como um “conhecimento”.

Se você trabalha em ver uma imagem mental de um amigo, verá somente uma neblina ou escuridão. Se você se concentrar em como esta pessoa se sente quando estiver perto, você conhecerá a assinatura desta pessoa e poderá se lembrar desta sensação à vontade.

A falta de imagens para uma pessoa com imaginação fértil é como uma incapacidade de ver para uma pessoa cega, ou de não ouvir sons para alguém surdo. Assim como estas almas podem levar a uma existência normal sem um dos seus cinco sentidos, você pode encontrar meios de sobreviver sem as suas imagens mentais.

TENTANDO SER QUEM ELES QUEREM QUE VOCÊ SEJA

PERGUNTA: Mestres, meu amor e marido, depois de 18 anos me enganou, ele tinha outra vida. Temos uma filha de 2 anos e estamos nos divorciando. Ele também tem um vício por pornografia e eu tinha que fazer coisas que não queria. Estou sofrendo. Há algum significado neste sofrimento? É este o meu Karma? Fui fiel e muito boa para este homem, mas o meu amor não foi suficiente. Sua orientação é apreciada. – Julianna, Estados Unidos.

RESPOSTA: Isto não é “karma”, porque não é uma punição por algo que você tenha feito. É uma parte de sua lição de vida em se honrar, ter autoconfiança e não se permitir ser manipulada. Desde o início deste relacionamento você fez tudo o que o seu marido pediu, sugeriu ou exigiu, sem nunca se opor, porque você achava que isto era necessário para que ele a amasse.

Ele sempre foi uma narcisista egoísta e manipulador que só se preocupava com a sua própria satisfação sexual. Em nenhum momento ele considerou que você era igual a ele e seu último pensamento era que o casamento deveria se aproximar de uma união compartilhada. Ele raramente foi fiel a você.

Você se apaixonou cedo por ele e pensou que ele queria envelhecer com você. Você lutou ao longo de sua vida pensando que não era digna de nada e que uma esposa deveria ser obediente no casamento. Esta é uma lição de vida que pode ser compreendida e provada que é falsa com um pouco de trabalho.

Você é uma parte da energia da Fonte, como ele. Você é tão magnífica, poderosa e merecedora quanto a Fonte. Permita-se aceitar isto e exija que você seja respeitada como a bela alma que você é.

Ao sair do casamento, visualize uma situação ideal e traga um homem maravilhoso e participativo para a sua vida. Em todos os futuros relacionamentos, expresse sempre a sua própria verdade. Não diga e nem faça nada quando a outra pessoa quiser agir de uma maneira que não seja confortável para você. Seja você mesma, respeite-se e você irá encontrar a estabilidade e a felicidade.

http://www.mastersofthespiritworld.com/?page_id=587

Para enviar uma pergunta: http://www.mastersofthespiritworld.com/?page_id=2056

GUIA DE REENCARNAÇÃO

Sharon, dos Estados Unidos, pergunta aos Mestres, tenho um estilo de vida solitário, pois sou a única cuidadora da minha filha. Estamos isoladas e não temos muitos visitantes. Você vê novas pessoas entrando em nossas vidas? Ou há algumas mudanças em nossa situação?

RESPOSTA: Agora você tem sinais de “não ultrapasse” postados em torno de você e de sua filha e eles estão assustando os visitantes. Deixe ir os seus medos, mas fique atento com aqueles que procuram se aproveitar de vocês e manipulá-la. Você precisa se inserir novamente na sociedade se quiser conhecer e fazer amizade com outras pessoas.

Estelle, da França, pergunta aos Mestres: Será que irei encontrar um novo companheiro? Estive interpretando mensagens e sinais por algum tempo e realmente pensei que estava realmente ligando os pontos e eles estavam levando a uma determinada pessoa. Mas estou apenas me enganando, certo? Se a pessoa com quem estive sonhando não está vindo em minha direção, talvez, outra pessoa esteja? Estou tentando manter as minhas esperanças.

RESPOSTA: Livre-se de suas expectativas específicas e acompanhe o fluxo do universo. Torne-se disponível a todos os companheiros em potencial lá fora e veja para onde voam as faíscas. Seja fiel a si mesma e seja honesta, sem tentar forçar as suas opiniões no outro. Todos têm o livre arbítrio. Assim, se a pessoa em que você estiver fixada não se interessar por você, nada irá acontecer.

Monica, do Brasil, pergunta aos Mestres: Estou muito indecisa em relação ao meu trabalho. Gosto realmente do que faço, ainda que esteja atualmente enfrentando maus momentos com a minha pequena renda. Gostaria de ensinar yoga; acho que é algo que pode beneficiar aqueles que a praticam. Tenho medo de não conseguir ganhar dinheiro se mudar a minha área de trabalho.

RESPOSTA: Você pode aumentar a sua renda se mantiver o seu emprego atual e começar a ensinar Yoga, até que tenha uma clientela suficiente para permitir que trabalhe nisto em tempo integral. Com ninguém comprometido em apoiá-la, agora não é o momento de mudar.

Marilyn, dos Estados Unidos, pergunta aos Mestres: Por que, por que, por que eu ainda vivo com o meu ex?

RESPOSTA: Porque você escolheu permanecer. Você cria a realidade do mundo que você busca. Você ainda acha que não pode sobreviver sem ele. Você é uma mulher bela e inteligente, mas lhe falta a autoconfiança. Saiba que tudo ficará perfeito se você ver o futuro sob esta luz. Assuma de volta o controle de sua própria vida. Busque outras mulheres que se afastaram de seus parceiros de controle.

Rose, da Finlândia, pergunta aos Mestres: Experienciei algo há alguns anos que quase me derrubou. Conheci alguém que transformou o meu mundo. O amor e a ligação que sentia em relação a esta pessoa eram muito profundos. Não tenho certeza se isto foi mútuo, mas para mim teve um efeito enorme. Isto aprofundou a minha jornada espiritual. Encontramo-nos apenas algumas vezes e depois disto a minha dor foi tão profunda, que o estudo da espiritualidade foi o único remédio para mim. Ainda sinto a falta dele, mas a dor é mais suave agora. Por que isto aconteceu? Por que esta experiência é tão profunda para mim? Tenho ainda muito medo dentro de mim, o que impede de viver plenamente a minha vida. Como posso me libertar deste medo?

RESPOSTA: Dúvidas e medos são indicações de que você está enfrentando uma lição de vida. Muitas coisas se unem nesta lição. Você imaginou uma conexão que, enquanto você desejava que fosse uma ligação íntima e duradoura, foi tudo, menos isto. Isto a abriu para a espiritualidade onde você foi capaz de examinar os sentimentos intensos e avaliar como era o amor. Infelizmente, o amor foi unilateral e você experienciou a lição do discernimento nesta área. Você pode ver que você não estava sendo verdadeira com você mesma quando se tratava do envolvimento de outra pessoa no relacionamento. O medo permanecerá em sua vida enquanto você ainda estiver na forma humana, até que aprenda todas as lições que você veio para compreender. Bloqueie cada medo, enfrente-o diretamente e veja por que ele está aí.

Felícia, dos Estados Unidos, pergunta aos Mestres:
 Li os livros e as respostas dos Mestres (quase palavra por palavra) são palavras e explicações que eu ouvi muitas vezes em minha cabeça desde que eu era criança. Os Mestres estavam falando diretamente comigo ou a minha amnésia não bloqueou as lembranças de minhas vidas passadas? Já fui um mestre ou isto é apenas uma lição de vidas passadas que eu tive?

RESPOSTA: Você teve muitas vidas e continua se lembrando dos princípios que você mesma ensinou no passado. Você está se lembrando do que são chamadas de verdades universais, que são aceitas por todos os Mestres. Quando se passa pelo processo de iluminação, aprendendo todas as verdades, isto se torna uma parte de sua essência. Você está muito perto de dominar os aspectos do ensino de verdades para os outros.

Laís, do Brasil, pergunta aos Mestres: Sou divorciada e tenho dois filhos. Será que irei encontrar outro marido e um companheiro de vida para compartilhar a nossa vida e o caminho espiritual?

RESPOSTA: Quando você sair e procurar alguém com uma mente aberta e um espírito verdadeiro, você o encontrará esperando. Seja vigilante e expresse a sua verdade. Não se esconda por trás do que você acha que ele quer de você. Um relacionamento de partilha é possível.

Marcela, do Brasil, pergunta aos Mestres: No passado, eu tentei me ajustar ao meu trabalho e criar bons relacionamentos com os meus colegas de trabalho. Tudo estava bem e eu senti uma verdadeira afeição pelo nosso grupo até que fui traída. Não sei quem fez isto, mas eu e meu marido ficamos prejudicados. Qual é a lição desta situação? Meus colegas de trabalho e eu nos conectamos por ligações Kármicas? Às vezes, acho que devo ter uma razão espiritual para estar neste trabalho e neste grupo de pessoas.

RESPOSTA: As almas se encontram em situações que lhes permitem experienciar as lições que elas vieram compreender. Você desejava experienciar a traição, a dúvida, uma falta de amor próprio e o sentimento de indignidade. Você está ajudando os seus colegas de trabalho a lhe permitir que tenha estas experiências porque você participa de sua manipulação, reagindo constantemente ao que eles dizem e fazem. As coisas a afetarão somente quando você acreditar que devem. Avalie as circunstâncias e mantenha a fé em si mesma. Acredite que você não merece o que eles estão dizendo e que não podem prejudicá-la.

Noora, da Noruega, pergunta aos Mestres: O homem que eu amo é a minha alma gêmea? Se não for, que tipo de contrato de algo é? Iremos nos reunir?

RESPOSTA: Não, ele não é a sua alma gêmea, que nem está em um corpo humano neste momento. Cada um de vocês tem opções a fazer. Assim, cabe aos dois decidir se é bom para os dois ficarem juntos. Vocês estão aqui para se ajudarem a entender a interação humana e o livre arbítrio.

Thaís, do Brasil, pergunta aos Mestres: Está tudo bem, mas me sinto diminuída ao não manifestar um relacionamento em minha vida. Que lição ainda preciso aprender para encontrar um parceiro de vida?

RESPOSTA: Como pode uma alma magnífica ser diminuída por não preencher um requisito da “norma social”? Você não decidiu o que deseja compartilhar com o outro, então, não conseguiu enviar esta mensagem ao universo. Quando você puder amar a si mesma e a jornada que escolheu, será capaz de amar o outro tanto quanto se ama. Até que saiba o que é o amor, você não pode tê-lo disponível para compartilhar com o outro.

Ellen, do Brasil, pergunta aos Mestres:
 Quando eu tinha 14 anos, uma ferida se abriu onde o chacra cardíaco está localizado. Tentei tudo, medicamentos, pomadas e nada melhorou. Três anos mais tarde eu tive uma cirurgia para removê-la e a partir disto, ela melhorou. Neste ano, aos 18 anos, comecei no Reiki e os meus mestres tiveram dificuldades em abrir este chacra cardíaco e em uma destas tentativas, senti um choque na área da cicatriz. O que poderia ter gerado o meu bloqueio no chacra? Poderia ser uma situação Kármica ou emocional?

RESPOSTA: Durante o tempo em que você lidou com a sua condição médica, o tecido da cicatriz se formou na área física do seu chacra cardíaco. Isto criou um bloqueio formidável para o movimento da energia nesta área. A abertura da área foi realizada somente ao atravessar este obstáculo. Isto não é Kármico. Tinha algumas conexões emocionais em que o seu inconsciente queria “mantê-la segura” de um retorno da infecção. Não há nenhum obstáculo para o fluxo através desta área agora, a menos que o traga de volta com o medo.

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
https://www.facebook.com/pages/Reincarnation-Guide/137191392985848
Compilado por: http://violetflame.biz.ly
Agradecimentos à: Celestial Voices, Inc 

Arquivos deste autor em Inglês:
https://rayviolet.blogspot.com/search?q=Celestial+Voices
http://violetflame.biz.ly/blog/?tags=celestial+voices
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Grata Regina!


LUZ!
STELA

Anúncios