AGORA VOCÊ VÊ, AGORA VOCÊ NÃO VÊ

O Conselho
Através de Ron Head
20/10/2017

Deixe-nos, mais uma vez, revisitar um dos nossos tópicos favoritos, e olhá-lo por mais uma perspectiva. Vamos fazer uma curta viagem pela sua imaginação, pois sua imaginação pode nos levar a qualquer lugar na criação.

Olhe para algo na sua frente. Obtenha uma boa imagem mental disso. Agora feche seus olhos mentais. Não feche seus olhos físicos. Você vai precisar deles aberto para continuar lendo.

Agora, à medida que você observa a imagem mental do seu objeto, fique cada vez mais perto dele. Continue indo até que você esteja quase tocando-o. Escolha um ponto e concentre-se nele. Agora, faça-se menor, e veja o local crescer ao você fazê-lo. Continue ficando menor, até começar a ver as moléculas que compõem a superfície do objeto. Continue até ver os espaços entre as moléculas. Bom.

Agora, escolha uma molécula, apenas uma. Observe-a ao chegar perto o suficiente e estar pequeno o suficiente para ver os átomos de que ela é feita. Você pode ver que há uma quantidade inacreditável de espaço entre os átomos? Você consegue ver que eles não estão parados?

Escolha um. Escolha um átomo. Não importa qual tipo.

E fique tão pequeno que o átomo crescerá até que você possa ver do que ele é feito.

Há muitos pequenos pedaços que os cientistas disseram que são “ons” – prótons, nêutrons, elétrons, fótons – existem todos os tipos. E esses pequenos pedaços – eles parecem grandes desse ângulo – estão zunindo como loucos. Vamos fazer de novo. Escolha um desses pequenos pedaços, persiga-o e fique perto dele. Observe-o de perto, e pense no que lhe foi dito sobre isso até agora.

Foi-lhe dito que ele é apenas material, porque queremos vê-lo dessa forma, certo? Se quisermos que ele seja uma onda, será. OK. Então, agora queremos que seja uma onda. E, como em uma onda, esse pequeno homem está oscilando em uma frequência. Então, é a energia, certo? É a energia porque queremos que seja. Nós queríamos vê-la dessa forma.

O que acontece se quisermos vê-la novamente como uma partícula? Ela deixa de ser uma energia? Pensamento interessante. Então, agora ela é uma partícula, e com nossa magia, ela tornou-se tão grande que podemos ficar de pé em frente a ela. Olhe ao redor. O que sabemos sobre esse lugar? Bem, os cientistas disseram que a próxima partícula está tão longe que não poderemos vê-la daqui.

Mas nós trapaceamos, e trouxemos nosso telescópio de hobby conosco. E com ele, podemos ver outras partículas zunindo tudo sobre nós. Parece com o céu noturno que olhamos de aonde moramos.

Agora vamos fazer o que viemos aqui para fazer. Eu quero que você escolha uma partícula que faça parte dessa coisa que você olhou na sua frente. E eu quero que você escolha uma partícula que não faça. Você vê o problema?

Primeiro, elas são todas muito parecidas, pelo menos, todos os elétrons se parecem com elétrons, etc. E além disso, tudo é tão grande, e há muito espaço, que você não pode dizer onde uma ‘coisa’ começa e onde ele termina. A partir daqui você nem pode dizer o que é do objeto e o que é de você, pode?

Agora note outra coisa que você pode ver aqui, que você não pode ver de onde você geralmente está. Esses pequenos garotos estão piscando e sumindo da vista. Todos estão fazendo isso. “Você quer dizer, hey! Parem com isso! Vocês deveriam fazer parte da minha mesa”. Esse é um tipo de transtorno de um pequeno carrinho sobrecarregado de maças, que caem, não é?

Então, vamos resumir esse pequeno experimento de uma maneira nova.

A realidade, como você a observa, não existe. A chave aqui é a frase “como você observa”. Sua observação das energias ao seu redor é organizada por você em uma representação do seu mundo. E queremos dizer o seu mundo, não o mundo de Jack e não o mundo da Susan. E não é sólido nem permanente. E isso traz um problema. Isso significa que tudo está mudando, a cada momento, sempre. E não gostamos disso, não é?

Os seres humanos não gostam disso porque querem que as coisas permaneçam como estão. Se não o fizerem, se eles não puderem, então os seres humanos também não podem, podem? E isso significa o fato de você não pode colocar sua própria impermanência na frente e no centro. Esqueça que seu brinquedo favorito não é realmente seu, nem vai durar para sempre.

Mas há boas notícias. Você viu que você é exatamente o mesmo que qualquer outra coisa. Certo? As mesmas partículas. As mesmas ondas. A mesma energia. Nenhuma diferença. Ponto.

Na verdade, o mesmo “material” tem estado zunindo por bilhões de anos. Às vezes, ele está encapsulado, como parte de uma cadeira. Às vezes, faz zips como parte de você. E você é você, independentemente. É o suficiente por agora. Pense nisso. Obrigado por vir conosco.

O Conselho

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – http://www.decoracaoacoracao.blog.br
DE CORAÇÃO A CORAÇÃO – https://lecocq.wordpress.com
http://ronahead.com/
Facebook: https://www.facebook.com/OraclesAndHealers
Traduzido por Adriano Pereira – BlogLuzeVida@gmail.com

LUZ!
STELA