A UNICIDADE DA VIDA ANCESTRAL

YEZULAN
Canal: Francyska Almeida /Abnara
Fort-Ce-Brasil.

Viemos de outras galáxias, de outros países, de outras culturas remanescentes do ódio, da vingança, mas também do amor sentido e praticado.

Vivenciamos a lágrima do choro triste, mas vivenciamos também as fábulas reais dos continentes perdidos.

Excursionamos na certeza de que a nossa tão bela cultura não seria destruída, mesmo com o passar de muitos e muitos séculos.

Atlântida, berço da sabedoria, berço do estudo da natureza: Cristais, plantas, ervas, mente, cores, alimentos, sementes tudo com sua energia sentida por nós os estudiosos e simpatizantes da época.

A Atlântida nos oferecia mais que uma pátria repleta de sabedoria: Oferecia-nos os remédios e os alimentos com os quais não adoecíamos.

Vivíamos a completa essência da ciência. De cada coisa buscávamos conhecer a sua profundidade. Exercíamos o nosso papel de cidadão do infinito e convictos de que sobreviveríamos às catástrofes esperadas.

Berço das vias da unicidade, o crédito em um Deus único, passivo, silencioso, mas intensamente atuante através das forças benéficas e naturais, tal como a água que bebíamos e sentíamos o sabor de suas partículas mantenedoras da vida.

Presenciávamos também as partículas que integravam as bebidas, um grão partido, um fruto… O agente da natureza era estudado com muita clareza. Imaginávamos a essência de cada fruto, de cada semente, de cada elemento vivo que achávamos e com a vidência procedíamos às devidas pesquisas.

Caríssimos, parte dessa sabedoria está para eclodir de dentro das almas que participaram desses estudos tão primários na época e suntuosos nos próximos tempos.

Estamos visualizando uma névoa de luz muito clara na mente de alguns moradores terrenos que recomeçarão esse trabalho após muitos séculos de esquecimento. Será uma etapa brilhante para o mundo terra e para essas almas que recuperarão sua memória milenar cuja sabedoria entrará para a história da Nova Era.

São as mesmas que professavam a Unicidade na Atlântida morta para muitos que renascem agora em berços simples para professar novamente a lei em que tanto acreditaram.

A ciência tradicional dirá que essas crianças são um prodígio, mas para nós que conhecemos tão bem o potencial dos atlantes através dos cristais e de outras técnicas milenares não cremos nessa prodigalidade, cremos sim, no retorno de suas reminiscências para contribuir com a evolução e o avanço deste século.

Primariamente podemos dizer que são espíritos sábios que retornam em novos corpos para ensinar a outros habitantes do mundo terra. São muito especiais em consciência. São espíritos que nem precisam fazer cursos para obterem uma formação superior, pois já vem formados com o potencial do seu conhecimento milenar.

Aguardemos esses seres preparados que com a permissão divina estarão convosco dando humildemente seu show de sabedoria, amparando e ensinando a humanidade pobre de informações divinas e extremamente carente de amor.

Esses amados amigos serão pontes de luz que trarão recados preciosos e abalantes para o mundo inteiro. Recordarão perfeitamente do que foram e do que precisam fazer. Recontarão toda ciência dos atlantes e de outros continentes perdidos.

Alguns deles já estão espalhados entre vós para semear também a incrível ciência cristalina e consequentemente contribuindo para muitas descobertas necessárias ao homem moderno do século vinte e um e dos vindouros.

Ainda pequenos todos esses amiguinhos serão sábios doutores, e que se apressem os pais para estarem atentos e não se enganar com o potencial que essas almas trazem camuflado em si com as bênçãos do amado Criador.

Almejamos a essas almas muita persistência, naturalidade e discrição para que não sofram presunçosos assédios que possam de alguma forma desvirtuar o andamento de sua delicada missão no plano terrestre.

Será necessário orientar a esses pequenos, ou adultos, a terem uma consciência maior de si, embora sua almas guardem todo conhecimento que precisam, mas ao retornar à carne a educação básica calcada nos bons princípios precisa estar presente.

Os sábios atlantes já estão convosco para plantar no solo terreno e no coração das criaturas a lei antiga, mas bastante atual: A lei de unicidade.

Estamos vivendo a era do ouro através das forças benignas do passado e de sua essência que ainda desconhecemos.

Que cheguem esses antigos amigos para driblar a fome, a dor das criaturas carentes e enfermas do corpo e da alma. Os aguardemos com grande fervor e possamos receber em breve as suas memoráveis aulas.

Mas somente chegarão após a atenção e adequação de suas almas por parte dos amigos siderais encarregados desse setor para poder então lidar melhor com a força da incrível sabedoria milenar.

Será de grande importância essas informações divinas que chegam para beneficiar o homem terreno, e, consequentemente, dará a ele a oportunidade de voltar à sua integralidade como ser universal.

A fome será debelada. A saúde estará em uma fase excelente porque os remédios sairão da essência das ervas, das flores, dos frutos, dos grãos…

Louvado seja a força dos cristais, louvado sejam as suas luzes cristalinas, louvado sejam seus representantes que estão de prontidão para auxiliar aos que sofrem através da pureza da sua energia.

Toda energia natural se tornará uma energia mais vibrante.

Do coração do homem irradiará a força do amor que saneia onde existe o ódio e o desamor.

Da luz se extrairá mais cura.

Salve os atlantes que retornam a terra com o desejo de se integrarem à natureza do seu criador.

Salve Deus e todos os representantes de Sua Luz!

Salve o universo com suas infinitas moradas!

Com luz e com muito amor, reverenciamos toda natureza que enfeita as nossas vidas e com a certeza de que todos os conhecimentos são acima de quaisquer dúvidas o nosso patrimônio imortal.

YEZULAN

Por favor, respeite os créditos ao compartilhar
Formatação da mensagem: DE CORAÇÃO A CORAÇÃO
http://www.decoracaoacoracao.blog.br
https://lecocq.wordpress.com
Grata Francyska!

LUZ!
STELA

Anúncios