LIBERANDO A MATRIZ, UMA NOVA NOVELA – 7º CAPÍTULO

ATRAVÉS DA MATRIX
Os Arcturianos
Através de Suzanne Lie

7º Capítulo

A TERRA DO SONO

Eu me aconcheguei na cama de ar. Meu corpo estava limpo e ainda formigando do banho maravilhoso, meu estômago estava cheio e minha mente estava totalmente tranquila. Tudo isso porque minha querida Shalone estava cuidando de mim da maneira amorosa que só ela poderia fazer.

Antes que eu percebesse, eu tinha passado para o que eu achava que era a “Terra do Sono”. No entanto, desta vez, a Terra do Sono parecia estar mais desperta. O que quero dizer é que “eu” estava mais desperta. Na verdade, senti-me mais desperta do que jamais senti durante a minha vida diária.

Assim que tive esse pensamento, pude ouvir a voz doce de Shalone dizendo: “Você está do outro lado da Matrix, querida”.

Eu não sabia o que ela queria dizer com isso e estava relaxada demais para me importar. No entanto, eu estava prestes a descobrir. Enquanto relaxava cada vez mais no meu “sono”, comecei a ver um vórtice rodopiante. “É este o “Vórtice” que eu ouvi falar durante toda a minha vida?” Eu ouvi o meu próprio sonho tentando falar com Shalone.

No entanto, Shalone não estava comigo e eu estava sozinha. Essa sensação de “só” era bem diferente porque eu sentia que havia vida ao meu redor, mas não conseguia ver ou ouvir. Então, de repente, ouvi uma voz suave e amorosa. Não era a voz de Shalone, mas era tão amorosa quanto.

“Somos todos amorosos aqui”, sussurrou um coro de vozes em meu coração.

“Espere”, eu disse, um pouco rude,eu temo. “Você acabou de ler minha mente?”

“É claro querida. É assim que nos comunicamos aqui ”.

“Espere”, mais uma vez receio que minha voz fosse rude: “Onde é aqui? A última coisa que eu me lembro, eu tinha acabado de ser colocada em uma cama deliciosa e estava prestes a cair no sono. Eu estou dormindo agora? Você é um sonho?” E, a propósito, Tenho certeza de que fui rude com essa afirmação:”Quem é você?”

“Oh querida, tantas perguntas”, falou um doce e amoroso coro de vozes em meu coração.

No entanto, o coro não falava em palavras. Eles falavam, quase cantavam, em tons e sons que eu nunca ouvira antes. Mas, de alguma forma, eu pude entender o que as “vozes” estavam dizendo, cantando, ou talvez entregando diretamente em meu coração e mente.

“Sim, sim, você está certa”, disse uma voz amorosa. “Estamos entregando nossa mensagem diretamente ao seu coração e mente. Seu coração pode sentir nosso Amor Incondicional, e sua mente pode traduzir essa sensação de “sentir amor” em uma linguagem que você possa entender. ”

“Mas, mas”, eu gaguejei, “como pode ser isso? Como posso entender o que você está dizendo – sem enviar para mim?”

“Você é muito inteligente”, disse o coro. “Estamos dizendo nossa mensagem à sua mente, assim como a afirmamos ao seu Coração / Mente.”

“Vemos a partir do seu rosto que você não está familiarizada com o termo ‘Coração / Mente’. Portanto, explicaremos a você. Seu Coração / Mente é ativado quando você sincroniza seu coração e mente para trabalhar como UM. Quando seu coração e mente trabalham como UM, suas percepções se expandem intensamente.”

“Então você será capaz de saber qual é a nossa mensagem, não importa qual idioma seja, ou como essa linguagem é transmitida à sua aura. Por exemplo, tudo o que você experimentou recentemente foi porque descobrimos que você pode receber e seguir a mensagem do nosso Coração / Mente com seu próprio Coração / Mente. ”

“Mas eu não sabia que estava fazendo isso?” Eu interrompi. “Eu sinto muito”, eu continuei. “Eu continuo os interrompendo. Shalone, minha mentora, tem me ensinado paciência, mas eu não aprendi bem. ”

Querida, você é apenas impaciente porque é no AGORA que você desperta plenamente. Descobrimos que esse “tempo do AGORA” pode ser muito confuso para os humanos. Os seres humanos aprenderam pelo seu mundo físico que cada coisa, e cada um, é governado pelo tempo. No entanto, estamos aqui em seu AGORA para lembrá-la de que o “tempo” é uma ilusão da terceira dimensão.”

“É por isso que eu posso ter um sonho muito longo e depois acordar para descobrir que apenas alguns minutos se passaram no meu mundo de vigília?”

“Sim querida. Você é muito sábia mesmo. Estamos felizes por termos escolhido você para ser uma das nossas líderes. ”

“Oh, não, não, não.” Eu chorei. “Eu não posso ser uma líder. Eu mal deixei de ser uma criança. ”

“Sim querida. Nós estamos cientes disso. De fato, parte da razão pela qual nós escolhemos você, é porque você está apenas completando a inocência da infância e crescendo na sabedoria de um adulto.”

“Mas podemos ver que você está confusa. Por favor, lembre-se de que isto é um sonho, assim você pode liberar as restrições das polaridades da terceira dimensão e permitir-se flutuar suavemente nas dimensões mais elevadas da realidade. ”

Eu me senti encolhendo com o meu desafio percebido, até que as vozes disseram: “Apenas relaxe em nosso Um. Feche os seus olhos e abra o seu coração. Permita que a sua imaginação crie imagens em sua mente que a levarão ao que você considerou como um sono.”

“Mas, eu pensei que estava dormindo e que isso era um sonho”, eu tentei dizer, mas eu estava perdendo o controle do meu discurso, de minhas preocupações e de todas as partes de mim que estiveram dizendo durante toda a minha vida, “NÃO, você não pode fazer isso!

“Não, não”, ouvi-me dizer, mas mal conseguia pensar. Algo estava acontecendo. Eu parecia estar perdendo todo o controle, ou era meu interesse, no mundo que agora parecia tão distante. De fato, todo pensamento, emoção e reação pareciam flutuar assim que entravam em minha consciência.

Então, minha consciência pareceu flutuar. Eu não sei como explicar essa experiência, mas era como se eu fosse “Tudo em Tudo”. Eu era o meu corpo, o quarto, e eu era a aldeia em que vivia. Na verdade, eu era todos meus amigos e a família na aldeia, e todos os bosques desconhecidos que nos rodeavam.

Na verdade, os bosques não eram mais “desconhecidos”, pois de repente percebi que conhecia cada rocha, cada árvore, cada planta e cada pedaço de terra, céu e água. Eu era UM com TODA a vida.

Eu não estou dizendo isso para me destacar. Na verdade, não tenho interesse em me exibir porque não me importo com o que os outros pensam de mim. No entanto, ao mesmo tempo, descobri que eu poderia amar a todos de uma maneira incondicional.

Eu olhei para alguns dos meus amigos com quem eu estivera com raiva, ou alguns dos adultos que eu senti que não podia me comunicar. O que eu percebi foi que eu estava tão centrada em mim mesma, que tudo que eu conseguia ver era a parte dos outros que estava centrada dentro deles mesmos.

Então, lentamente, tudo começou a se elevar do chão em que havíamos construído nossas vidas. Lentamente, tudo começou a se elevar lentamente, e cada vez mais, em uma frequência de realidade que eu nunca conhecera.

Sim, era um lugar, que NÃO era um lugar, eram Todos Um e Tudo era Amor. No entanto, essa forma de “amor” era diferente de qualquer tipo de amor que eu já tivesse experimentado. Não havia medo, nem preocupação, nem competição, nem doença e nem dormir e nem acordar.

É muito difícil para mim explicar essa realidade porque o meu eu físico, que está compartilhando essa experiência, não tem palavras que sequer comecem a expressar o que estou experimentando. Portanto, eu apenas deixo ir.

Eu não sei o que “deixei ir”, ​​porque eu me esqueci da minha necessidade antiquada de “segurar”. Cada pensamento e cada sentimento era como uma brisa suave que eu experimentei e depois liberei. No entanto, meu conceito de “tempo” foi liberado também.

Portanto, não posso dizer quanto tempo fiquei naquele mundo. De fato, conto essa história com cada palavra em uma certa sequência, para que você possa entender o que aconteceu. No entanto, ao retornar a essa experiência, lembro-me de que NÃO havia Tempo, nem Sequência. Havia apenas o AGORA dessa experiência.

Não sei se estive nessa experiência por um segundo ou por toda uma vida. Mas lembro-me que não me importei. Eu também não precisava me importar, nem lembrar, ou “fazer certo”. Tudo apenas “era”. E eu estava bem com isso. Eu estava em um AGORA tão maravilhoso e atemporal que só conseguia pensar em inspirar cada experiência e aproveitar cada momento.

De fato, em cada momento dessa experiência eu estava mais “desperta” do que eu poderia imaginar. O único pensamento que tive foi: “Como me lembro desse sentimento na minha vida diária?”

Com esse pensamento, eu me assustei:. “O que é que foi isso?”

Então, ouvi uma voz amorosa dizer: “Anote sua experiência enquanto você ainda estiver nesse estado de consciência, pois você a esquecerá no mundo físico”.

Acordei com um sobressalto, peguei um papel e um lápis e anotei minhas experiências. Fico feliz por fazer isso, porque estou percebendo que, se não anotar essas experiências, rapidamente as esqueço.

Em outras palavras, se eu quiser me lembrar de minhas experiências que estou tendo agora, tenho que anotá-las. Então, no futuro, encontrarei este livro e descobrirei o que ocorreu em meu passado.

Entretanto, tendo todas as minhas experiências, tenho certeza de que “o Tempo” é uma ilusão da terceira dimensão”.

(continua…..)

INTRODUÇÃO
1º CAPÍTULO
2º e 3º CAPÍTULOS 
4º E 5º CAPÍTULOS
6º CAPÍTULO

Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos
Formatação – DE CORAÇÃO A CORAÇÃO
https://www.decoracaoacoracao.blog.br/
https://lecocq.wordpress.com
Suzanne Lie – http://suzanneliephd.blogspot.ca
Tradução: Regina Drumond –reginamadrumond@yahoo.com.br
Grata Regina!

LUZ!
STELA

Anúncios