LIBERANDO A MATRIZ, UMA NOVA NOVELA – 18º CAPÍTULO

ATRAVÉS DA MATRIX
Os Arcturianos
Através de Suzanne Lie
23 de Junho de 2018

18º Capítulo

A REALIDADE DA QUINTA DIMENSÃO NA NAVE

Você pode pensar que este é um bom lugar para terminar a minha história, mas este não foi o fim da minha jornada. Em vez disso, essa nova realidade na Nave Estelar, que é uma realidade da quinta dimensão, é completamente diferente, mas muito parecida com a vida física que eu deixara para trás.

Uma vez que eu estava na Nave, perguntei a John se meu corpo seria encontrado morto no cobertor, e fiquei muito aliviada ao saber que meu corpo não tinha sido “deixado para trás”. De alguma forma meu corpo tinha sido transmutado de meu corpo físico de terceira e quarta dimensão para o meu Corpo de Luz da quinta dimensão, e além.

Eu perguntei a John: como meu “corpo de luz” era diferente do meu corpo humano? Mais uma vez, ele respondeu às minhas perguntas com um longo abraço e um beijo caloroso.

“Amada Luz das Estrelas”, que ele me chamou desde que eu lhe disse que era o meu nome de curadora na Aldeia, “relaxe no processo e permita que sua consciência se expanda o suficiente para abranger essa frequência mais elevada da realidade”.

“Então,” John continuou, “você será capaz de liberar seu hábito da terceira dimensão de fazer perguntas e transmutar esse hábito para o seu traço de quinta dimensão de focalizar sua atenção “no CONHECIMENTO ”.

Quando lhe perguntei o que ele quis dizer com isso, ele apenas sorriu e disse: “Questionar é uma característica da terceira dimensão, e o conhecimento é uma característica da quinta dimensão.”

Eu não tinha certeza do que ele queria dizer por “conhecimento”, mas parecia ser uma forma de partilhar informação da quinta dimensão.

Eu também senti que um “conhecimento da quinta dimensão” era algo que recebíamos de uma expressão de frequência mais elevada do nosso EU. Na Aldeia, minha Zara Lynn se concentrou em seu CONHECIMENTO depois que Shalone partiu e começou suas muitas aventuras.

Eu não sabia o que “focar no CONHECIMENTO” significava, mas eu reunia informações a partir das perguntas que fazia aos outros; cada pessoa tem sua própria maneira de CONHECIMENTO. ”O conhecimento” é como os seres nesta Nave se comunicam entre si, assim como através do seu próprio EU da dimensão superior.

Os seres humanos da terceira e quarta dimensão, que chamamos de “humanóides”, parecem diferentes depois de terem transmutado de seu corpo físico / astral da terceira / quarta dimensão para o seu corpo de Luz da quinta dimensão,

Muitos dos humanóides da quinta dimensão desta Nave também têm um corpo físico / astral na terceira / quarta dimensão na Terra. Dessa maneira, eles podem viajar da Nave para a Terra e voltar para a Nave através de sua própria “consciência pessoal”.

Uma vez na Nave, eles podem facilmente se unir com Aqueles com seu Corpo de Luz de quinta dimensão. O que eu aprendi foi que um “Ser de Corpo de Luz” de quinta dimensão é muito elevado em frequência para ser visto por “seres tridimensionais”.

No entanto, se esse humano da terceira dimensão puder expandir sua consciência para a quarta e quinta dimensões, ele estará ciente de que “algo está lá, que não estava antes”.

Como seu cérebro humano de terceira dimensão e suas percepções ainda estão vinculados ao tempo e ao espaço, eles ainda não conseguem perceber o que ressoa com as frequências das quarta e quinta dimensões mais elevadas.

Quando cheguei na Nave, os Pleiadianos me ensinaram carinhosamente sobre “a vida em nossa Nave Estelar”. Os Pleiadianos que vivem nesta Nave Estelar Pleiadiana são seres da quinta dimensão das Plêiades. Os pleiadianos se parecem muito com os humanos.

Eles geralmente têm pele clara e cabelos loiros com muitas das características físicas de um humano da terceira dimensão, exceto que até as mulheres têm mais de 1,80m. Estes Pleiadianos trabalham em estreita colaboração com os Seres Dourados para ajudar os humanos que estão se preparando para sua Missão para ajudar Gaia em Sua transmutação para um planeta da quinta dimensão.

Mesmo que os Pleiadianos pareçam muito humanos, existem algumas diferenças muito importantes. Por um lado, enquanto os seres humanos de terceira dimensão usam apenas cerca de 3% de seu poder cerebral total, os pleiadianos usam TODOS os seus poderes cerebrais.

Os pleiadianos encontram-se frequentemente com os humanos durante os seus sonhos, ou quando estes humanos vêm à Nave em seu corpo noturno. Dessa maneira, os pleiadianos podem ajudar os humanos a se lembrar de sua criatividade inata, de seus sonhos interdimensionais, bem como as conversas de quinta dimensão que eles têm enquanto estão em nossa Nave.

De fato, nós freqüentemente realizamos palestras, as quais muitos humanos assistem em seus “corpos de quarta dimensão” enquanto seu corpo de terceira dimensão dorme.

Os pleiadianos parecem bastante humanos, mas eles ainda têm que colocar um “brilho” ao redor de seus corpos quando eles visitam a Terra. Dessa maneira, eles parecem exatamente do modo como cada ser humano precisa que eles pareçam, para que não fiquem amedrontados.

Os seres da quinta dimensão são muito mais avançados do que seres humanos da terceira dimensão. No entanto, eles ensinam os “visitantes” sobre suas expressões do EU de quarta e quinta dimensões. Dessa maneira, eles preparam os visitantes humanos para experiências de dimensões mais e mais elevadas.

Na Terra de terceira dimensão, os humanos têm corpos físicos, e aprendem com os outros como eles devem se comportar, aprender e como devem se diferenciar dos outros. No entanto, nesta Nave de quinta dimensão, todos parecem muito semelhantes, mas todos nós temos nossos pensamentos e emoções individuais.

Em outras palavras, os Pleiadianos são como uma família enorme na qual há uma semelhança, mas cada membro dessa família tem personalidades, desejos e ambições diferentes. Essa forma de “diferença” é muito importante, pois cria uma sociedade em que todos são respeitados e amados por suas diferentes contribuições à Sociedade do UM em que todos vivem.

Para usar termos da Terra da terceira dimensão, eu diria que nós, pois estou agora incluída neste “nós” da Nave, somos todos parte de um enorme “jardim”, mas cada “flor” é diferente. Essa diferença é compartilhada e apreciada por todo o “jardim”.

Além disso, muitos de nós fazemos a mesma coisa, mas todos nós temos uma individualidade dentro do nosso Ser para ser compartilhada com os outros. Dessa maneira, um sentimento profundo de total aceitação e conexão é criado e desfrutado por todo o coletivo.

Esse “coletivo interno” é a combinação dos pensamentos e sentimentos de todos, que se misturam e se entrelaçam para formar uma forte unidade de consciência. Eu sei que estou apenas começando a entender como essa realidade da quinta dimensão funciona, mas John me diz que, à medida que eu relaxo em minha nova vida, minhas percepções sensoriais mais elevadas se tornarão totalmente on-line.

Eu também aprendi que no meu mundo da terceira dimensão, todos usam apenas cerca de 2% a 5% do seu cérebro. Como acabei de dizer, todos na Nave, exceto os novos como eu, usam 100% do cérebro deles.

Quando pergunto o que se pode fazer com tanta inteligência, eles me dizem carinhosamente para relaxar no processo. Na verdade, todos eles dizem: “Questionamento é tridimensional e Conhecimento é de quinta dimensão”.

Estou muito feliz por ter John comigo para me apoiar durante este processo de adaptação a uma realidade totalmente diferente. Claro, ele não irá me ensinar, e geralmente diz: “Você está se lembrando de como ser seu EU. Quando você começou suas encarnações na terceira dimensão, você teve que se esquecer de seus modos da quinta dimensão para se encaixar nesse mundo.”

“Agora que você retornou à sua verdadeira frequência da quinta dimensão da realidade, você é convidada a se lembrar de seu verdadeiro EU da quinta dimensão. Amada, para mim você é e sempre foi uma luz das estrelas. Portanto, “Luz das Estrelas” é o nome que melhor lhe apresenta quem você é.”

O que eu poderia dizer sobre isso? Portanto, continuei a ser conhecida por mim mesma e por todos os novos amigos como “Luz das Estrelas.” E, sim, eu finalmente, com grande esforço, aprendi/lembrei-me de como me interiorizar para encontrar as minhas respostas. Desta maneira, eu poderia contribuir mais e mais com esta sociedade maravilhosa. Então, eventualmente, esta Nave se tornou plenamente o meu “Novo Lar”e de John.

(continua…)

INTRODUÇÃO

CAPÍTULOS: 1 | 2 e 3 | 4 e 5 | 6  | 7  | 8 | 9 e 10 | 11 e 12 | 13 | 14 | 15 | 16 | 17 |

Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos
Formatação – DE CORAÇÃO A CORAÇÃO 
https://www.decoracaoacoracao.blog.br/
https://lecocq.wordpress.com
Suzanne Lie – http://suzanneliephd.blogspot.ca
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Grata Regina!

LUZ!
STELA

Anúncios