COLETA DE INFORMAÇÕES SOBRE OS PLEIADIANOS

Compilado por Suzanne Lie
13 de Agosto de 2018

Queridos terráqueos, nós, os Pleiadianos, voltamos a falar sobre nossas naves. Nossas naves estelares são da quinta dimensão, pois elas são naves galácticas que podem ser ocultas para o mundo da terceira dimensão. Podemos também optar por revelar brevemente nossas naves.

Nós geralmente fazemos isso quando reconhecemos que os humanos que nos vêem estão despertos. Fora isso, nós ocultamos as nossas naves para não assustarmos os humanos que estão quase despertos, mas não exatamente.

Esses humanos freqüentemente têm uma frequência de consciência suficientemente alta para nos perceber, mas ainda não se lembraram de que estamos interessados ​​apenas em curar, guiar e despertar os humanos que estão prontos.

Na Nave nós diferenciamos as palavras e conceitos de “realidade”, “nave” e “planeta”.

REALIDADE representa a maneira pela qual diferentes pessoas percebem o mesmo processo de ascensão do mesmo planeta.

NAVE representa as Naves estelares que geralmente ressoam na quinta dimensão e além.

PLANETA representa o planeta de nossa origem, que está dentro do nosso Aglomerado de estrelas.

Nós, os Pleiadianos, vivemos no que é chamado de “aglomerado de estrelas”.

Aglomerados estelares (ou nuvens de estrelas) são grupos de estrelas. Existem dois tipos de aglomerados estelares: aglomerados globulares, que são grupos restritos de centenas de milhares de estrelas muito antigas, que são gravitacionalmente ligadas e:

Aglomerados abertos: que são grupos de estrelas fracamente agrupados. Esses Aglomerados Abertos geralmente contêm menos do que algumas centenas de membros e são geralmente muito novos.

Os Pleiadianos são de um sistema estelar chamado Plêiades. Este sistema estelar é um pequeno aglomerado de sete estrelas localizado na constelação de Touro, o Touro, que fica a cerca de 500 anos-luz do planeta Terra.

Os Pleiadianos são uma raça humanóide que visita a Terra com freqüência e com quem compartilhamos uma ancestralidade comum dos Lyranos de Lyra, nossos ancestrais comuns.

Os nomes das sete estrelas no sistema das Plêiades são:

1) Taygeta

2) Maia

3) Celaeno

4) Atlas

5) Merope

6) Electra

7) Alcyone

Por causa das muitas guerras em Lyra, muitos Lyrianos pacíficos partiram em suas naves espaciais e viajaram por muitos anos até encontrarem os sete aglomerados de estrelas nas Plêiades. Eles pousaram em um planeta agora chamado Erra, que está localizado ao redor da Estrela das Plêiades chamada Taygeta. Aqui é onde eles começaram sua nova civilização no ano 228.000 A.C.

Os Pleiadianos são uma raça muito antiga de humanóides. Eles mantiveram um registro da história completa da evolução humana da Terra, desde o início até o presente momento. Os Pleiadianos afirmam que nossa Terra tem 626 bilhões de anos.

Por volta de 225.000 a.C., em uma de suas missões de reconhecimento das Plêiades, os Pleiadianos descobriram um pequeno sistema solar com um planeta chamado Terra. Na Terra, os Pleiadianos encontraram três grupos de povos não civilizados.

O maior desses grupos era de pele clara e descendiam dos Lyrianos. Como os Lyrianos trataram mal os nativos de pele marrom, eles foram forçados a permanecer na Terra e entraram no ciclo de encarnações da Terra.

As principais áreas em que os Pleiadianos viveram agora são conhecidas como Bali, Havaí, Samoa e Índia. Entre 196.000 A.C. e 10 A.D, civilizações vieram e estiveram na Terra com muitas guerras, ciclos pacíficos e desastres naturais.

Os pleiadianos ficaram com os humanos na Terra até 10 A.D., tentando ajudar a desenvolver várias civilizações, como os lemurianos, maias, incas e uma civilização em Machu Picchu. Todos tentaram guiar os humanos em direção a um caminho mais espiritual.

Por volta de 10 d. C, o último líder pleiadiano, chamado Plejas, deixou a Terra para sempre, porque os pleiadianos finalmente conseguiram a paz de volta para o Lar nas Plêiades. Além disso, eles sentiram que era hora de os humanos evoluírem por conta própria. Antes de deixar a Terra, os Pleiadianos deixaram um líder espiritual chamado Jmmanuel.

Jmmanuel era uma alma muito evoluída, cujo pai era Gabriel, do sistema das Plêiades e Maria, que era descendente dos Lyrianos. A Terra continuou a evoluir por si mesma sem a liderança direta dos Pleiadianos até o presente momento.

Em um futuro bem próximo, quando a Terra entrar na Faixa de Fótons até o ano 2000, (esta parte da sentença é da Internet, e foi escrita há muito tempo), os Pleiadianos irão ajudar a trazer todos os humanos na Terra para a luz. Passamos 18 anos dessa data, e o nome Pleiadianos e as Plêiades estão se tornando conhecidos para muitos humanos na Terra.

Segue-se uma breve descrição da Cultura Pleiadiana no planeta natal de Erra. Erra está localizado ao redor da estrela chamada Taygeta. Erra é 10% menor do que a Terra. Os Pleiadianos são uma Sociedade da Deusa (que cultua família, filhos, mulheres). Eles estão em uma freqüência da quinta dimensão, que é de amor e criatividade.

Cerca de 400.000 pessoas vivem em Erra, que os Pleiadianos consideram a quantidade ideal para o bem-estar de seu planeta. O povo de Erra é telepático. Portanto, eles não precisam de nenhum dispositivo de comunicação externo.

Os Pleiadianos são principalmente vegetarianos, mas às vezes comem carne. Eles não têm problemas médicos porque controlam sua saúde usando seus próprios poderes mentais. A idade média de um pleiadiano é de 700 anos. Sua pele é mais branca e mais lisa do que a pele humana. Os Pleiadianos não têm sangue e têm uma “matriz de memória da luz”.

Os Pleiadianos não têm moeda como a conhecemos; eles compartilham os recursos de seu planeta com todos. Todos os bens materiais são dados ao povo livremente, e é baseado em sua contribuição para a sociedade. No entanto, muitas vezes mostramos a freqüência mais elevada da quarta e quinta dimensões de nossa nave, já que as pessoas que percebem essa frequência da realidade têm um estado mais elevado de consciência.

Os Pleiadianos ficam longe de qualquer exposição à terceira dimensão da Terra, pois ainda há muitas pessoas que se assustariam ou tentariam abatê-las. É claro que os humanos não poderiam “derrubá-las”, mas eles podem assustar os outros, ou suas armas poderiam atingir outra coisa e prejudicar os outros.

A realidade é específica para o estado mental e o nível de consciência de cada pessoa. Portanto, algumas pessoas passaram suas vidas encontrando maneiras de educar as pessoas de que Gaia é um ser vivo e que a humanidade esteve agindo MUITO mal.

Por outro lado, algumas pessoas vêem o planeta como um lugar onde podem ter o que querem, não importando o custo para o planeta. Essas pessoas são freqüentemente chamadas de Illuminati, ou os Escuros, ou aqueles que vivem através do “poder sobre os outros” sem preocupação com os outros.

Esses líderes egoístas que não se importam com o planeta, nem mesmo com as pessoas que vivem nele, só se preocupam consigo mesmas, com seu próprio dinheiro e com seu próprio poder sobre os outros. Esses humanos NÃO serão capazes de perceber as dimensões mais elevadas da realidade, muito menos entrar nesse mundo vibracional ou na nave estelar.

Por outro lado, mais e mais dos “despertos” que expandiram sua consciência para a quarta e quinta dimensões, estão respondendo ao SOS de Gaia. Esses seres avançados são tão dedicados a Gaia, e aos seus esforços para ascender ao seu Eu Planetário, que eles realmente virão ao planeta Terra para ajudar nesta Ascensão Planetária.

Além disso, sempre que um planeta é capaz de ascender – aumentar a sua frequência de ressonância para a quinta dimensão – todo o Sistema Solar se beneficia do fluxo da luz da quinta dimensão.

Os Galácticos aplaudem todas as valentes tentativas dos “Despertos” de participar da grande honra de fundir sua consciência pessoal superior, de quarta e quinta dimensões com a consciência planetária de Gaia.

Se você encontrou esta mensagem interdimensional e tomou seu “tempo da terra” para lê-la, você está provavelmente entre aqueles que estão se lembrando, e despertando para a sua própria expressão do EU de dimensões superiores.

Os Pleiadianos, assim como nossos amigos Arcturianos e outros amigos Galácticos, agradecem pelo seu “serviço de dimensão superior”. Lembre-se de que Gaia é uma “escola planetária” que ensina principalmente à humanidade que “energia enviada é energia recebida”.

Gaia também tem seus cursos curriculares para ajudar seus “alunos” a liberar a ilusão de “tempo e espaço” na terceira e quarta dimensão. Uma vez que essa ilusão seja liberada, Gaia e seus habitantes se lembrarão de como retornar ao Sistema Operacional de quinta dimensão do Aqui e agora.

Nós, a sua Família Galáctica, queremos lembrá-lo de que estamos aqui em seu AGORA para ajudá-lo nesta mudança evolutiva. Invoque-nos! Nós responderemos!

Por causa das muitas guerras em Lyra, muitos Lyrianos pacíficos partiram em suas espaçonaves e viajaram por muitos anos até encontrarem os sete aglomerados de estrelas nas Plêiades. Eles pousaram em um planeta agora chamado Erra, que está localizado ao redor da Estrela das Plêiades chamada Taygeta. Aqui é onde eles começaram sua nova civilização no ano 228.000 a.C.

Os Lyrianos tinham pousado na Terra mais cedo e foram forçados a permanecer na Terra e entrar em um ciclo de encarnação, por causa do maltrato dos originais nativos de pele marrom. Isso se tornou o carma deles. Neste momento, os pleiadianos decidiram ficar e criar sociedades na Terra.

A Federação Galáctica permitiu que os Pleiadianos entrassem em um ciclo de encarnação com os humanos na Terra. Os lugares designados para eles eram Bali, Havaí, Samoa e Índia. As civilizações vieram e foram na Terra com muitas guerras, ciclos pacíficos e desastres naturais, entre 196.000 a.C. e 10 A.D.

Os pleiadianos ficaram com os humanos na Terra até 10 d.C., tentando ajudar a desenvolver várias civilizações, como a Lemúria, Maya, Inca e uma civilização em Machu Picchu. Eles também estavam tentando guiar os humanos em direção a um caminho mais espiritual.

Com a ajuda dos sábios conselhos de seus líderes da quinta dimensão, eles conseguiram sustentar 50.000 anos de paz suprema entre seus povos. Os pleiadianos também têm uma vida espiritual saudável, e enfaticamente rejeitam muitas crenças humanas devido à sua conotação de envolvimento no culto, sendo ilógicas, contra as leis da Criação e a escravização da consciência humana.

A filosofia pleiadiana baseia-se na verdade universal da Criação e no conhecimento da Criação, que é direcionado para a verdade da existência para todos os seres. Eles também conhecem e seguem as leis e discursos criativos dos seres de maior freqüência.

Os Pleiadianos acreditam que o poder principal da Criação é baseado no Amor Incondicional, que incorpora a consciência universal e aprimora o espírito, a verdade, a sabedoria e o amor, bem como as leis e energias da vida, do ser e da eternidade.

A criação é percebida como autoconsciência universal e é a fonte da vida de todos nesse universo.

Os pleiadianos não têm uma “religião” como a terra humana conhece. Eles não têm nenhuma forma de “adoração a um Deus”. Sua vida espiritual é baseada na vida como o reconhecimento espiritual e a obediência à Criação, suas leis e mandamentos. Só isso é a diretriz a que os Pleiadianos aderem em relação a uma filosofia de vida e um estilo de vida sintonizado com a Criação.

Eles acreditam que a criação significa o mesmo que amor, vida, espírito, verdade, sabedoria, lógica e inteligência, que é construída sobre as leis e mandamentos criativos, que são válidos e absolutamente imutáveis ​​por todo o tempo e eternidade.

Qualquer forma de vida, humana ou não humana, que reconheça, viva e obedeça ao verdadeiro conhecimento da Criação, o espírito que dela resulta, bem como as leis e mandamentos da Criação relacionados, possam viver de acordo com a Criação.

Isso significa que a forma de vida é viver com o verdadeiro conhecimento da verdade e com a verdade da Criação e do espírito, em cumprimento das leis e mandamentos criativos e naturais que são válidos universalmente, sem nenhuma fé falsa na ilógica e anti-inteligência.

Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos
Formatação – DE CORAÇÃO A CORAÇÃO
https://www.decoracaoacoracao.blog.br/
https://lecocq.wordpress.com
http://suzanneliephd.blogspot.ca/
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br
Grata Regina!

LUZ!
STELA

Anúncios