VIVENDO NA LUZ E NA ESCURIDÃO

Mestre EL Morya

Mensagem canalizada por Natalie Glasson
em 1 de Novembro de 2020

Saudações, Eu Sou Mestre El Morya, sou o supervisor do Primeiro Raio de Luz que emana tão poderosas vibrações Criadoras e qualidades de determinação, coragem, ação e o Plano Divino.

Há tanto que se pode ganhar com o Primeiro Raio de Luz, no entanto, venho até vocês hoje para reconhecer duas energias tanto dentro de seu ser, quanto ao seu redor. Desejo apoiá-los na conquista de uma aceitação mais profunda destas duas energias, a fim de impulsioná-los em sua evolução espiritual, bem como facilitar-lhes a existência nos tempos atuais na Terra.

Estas duas energias de que falo são luz e escuridão.

Primeiramente desejo esclarecer que quando digo luz, quero dizer as vibrações e frequência do Criador como transmitidas por todo o universo do Criador e por todos os seres.

Quando falo de escuridão, não estou falando necessariamente de energias negativas, nem do que se possa rotular como entidades, fantasmas ou qualquer outra coisa dessa maneira. Falo do oposto da luz, das limitações, limites, bloqueios e onde a vibração do Criador não flui.

Falo de restrições dentro de seu ser e de sua realidade, que podem ser reconhecidas como pensamentos e emoções negativas. Na verdade, quando falo da escuridão, é qualquer coisa que cria separação entre você e o Criador. Principalmente Eu, Mestre El Morya, falo destas energias e frequências como estando dentro de seu ser e criadas por você.

Frequentemente, quando as almas ou seres falam das trevas, é visto como o inimigo, algo que talvez esteja fora de seu controle e além de sua responsabilidade.

Quando Eu, Mestre El Morya, falo das trevas, estou falando de energias que você e outros criaram ou cocriaram.

É possível reconhecer que você possa criar a escuridão em sua vida?

Você pode criar as limitações, os bloqueios, os limites e as experiências negativas em sua vida?

Tudo por causa das feridas, ou da crença na separação, não reconhecendo plenamente sua verdade e sua essência. Isto é algo que pode ser interessante e também desafiador de reconhecer.

Primeiro, você cria a luz que você é e experimenta em sua realidade. Você cria a escuridão que está presente dentro de você, e dentro de sua realidade, ambas as energias provêm do Criador, através de você.

A energia que se estende do Criador é a mesma, é uma energia.

Poderíamos dizer para facilitar a compreensão de que a energia que se estende do Criador é de ouro. Você recebe esta energia dourada, então você escolhe consciente e subconscientemente o que criar.

Para criar luz, talvez a luz seja rosa, para criar escuridão, talvez a escuridão seja cinza, e você pode reconhecer que você usou a mesma energia, a energia dourada para criar tanto o rosa como o cinza, luz e escuridão.

Isto significa que tudo provém do Criador, porém nem tudo é a Vontade Divina nem o Plano Divino do Criador.

Cada ser na Terra tem livre arbítrio, eles usam a energia do Criador como um combustível para se manifestar e criar uma experiência na Terra.

Esta é uma grande responsabilidade pois, quando você reconhece, isto lhe permite assumir verdadeiramente a responsabilidade por sua realidade, por seu processo de ascensão, por suas ações e reações, percebendo que você simplesmente recebe a energia do Criador e, então, depende de você o que você criará com esta energia.

Você pode dizer que não deseja criar escuridão, somente luz, no entanto existem hábitos equivocados, mal-entendidos, feridas, ilusões que todos criam o que você pode rotular como escuridão.

Cada experiência, cada energia, cada criação da escuridão nasceu com a Luz do Criador através de seu ser e através de outros também. Isto significa que estas energias precisam ser descartadas ou ignoradas? Na verdade, significa que elas exigem mais de sua atenção, mais de sua aceitação e exploração.

Quando você aceita a escuridão, ela logo se transforma na luz ou pode-se dizer que ela volta ao combustível do Criador. Em alguns aspectos, ela tem sido disfarçada como algo mais para alertá-lo sobre a forma como você opera, mental, emocional, física e até espiritualmente.

Ela está alertando-o para entender a maneira como você opera, seu foco, sua relação consigo mesmo e com o Criador.

Muitas vezes as almas desejam se concentrar apenas na luz escolhendo ignorar a escuridão. Isto pode criar ainda mais um sentimento de Ilusão, porque você está ignorando e não se aceitando totalmente, criando um desequilíbrio dentro de seu ser.

Embora seja uma alegria permanecer na luz, aceitar a luz, experimentar o fluxo da luz do Criador através de você e criar a partir dela, nunca se pode verdadeiramente ignorar as trevas, as limitações, os limites, os bloqueios e assim por diante.

Estes você pode dizer que diminuem sua vibração, mas na verdade impedem sua visão da luz.

Quando você se concentra apenas na luz, você também se torna desprotegido e desequilibrado, até mesmo perdendo o controle da realidade.

Você é projetado para viver em duas realidades, a física e a energética, a luz e a escuridão, aceitando ambas simultaneamente, mas é claro, trabalhando através da escuridão, reconhecendo como a escuridão ensina e guia você para a frente.

Além de reconhecer como a luz representa tudo o que você é e o inspira a expandir sua consciência, lembrando que você é um ser sem limites, a natureza infinita e a essência do Criador. Há tanto para explorar dentro da luz, pois quando você se conecta com a luz, ela expande sua consciência e permite que você se conecte com a essência natural de seu ser.

Tanto a luz quanto a escuridão têm papéis específicos dentro de sua realidade.

Existe realmente escuridão dentro da realidade da Terra ou são simplesmente criações de separação, ilusão, mal-entendidos, feridas que simplesmente precisam ser curadas e reconhecidas?

Como ser, como um ser de luz, você tem medo da escuridão?
Você está disposto a trazer sua luz para a escuridão?
Você está disposto a aceitar a escuridão e, portanto, manter espaço para a escuridão curar, seja ela sua criação ou a de outro?

Isto é o que lhe é pedido, tanto dentro de seu ser como dentro de sua realidade na Terra. Para que haja espaço para que a luz e a escuridão se integrem, para que a cura ocorra ou para que as energias sejam resolvidas dentro da escuridão e da luz. Para trazer inspiração e expansão, a energia do infinito, a fim de ultrapassar fronteiras, bloqueios e reconhecer o que é possível.

Quando você está equilibrado, quando está disposto a aceitar a escuridão e a luz dentro de você e sobre a Terra, você está reservando espaço para que ambas se unam, resolvam, sintetizem, para um maior resultado e possibilidade de manifestação, isto é o que é necessário agora.

Enviar luz para as trevas é um pouco como ignorar as trevas. Ter medo da escuridão é como ignorar a luz. Ambas exigem ser aceitas, reconhecidas e que haja espaço para que ambas sejam experimentadas, para que seu ser processe o que é necessário para a Terra e para você mesmo.

Não estamos falando de encarnação, mas de reconhecimento, de reconhecer o que está acontecendo, de ser inspirado, de ser orientado quanto ao que é necessário agora.

Eu, Mestre El Morya, estou presente para ser útil, por favor, invoque meu nome sempre que desejar.

Meu amor está sempre com você,

Eu Sou o Mestre El Morya

Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos
Formatação – DE CORAÇÃO A CORAÇÃO
http://www.decoracaoacoracao.blog.br/
http://stelalecocq.blogspot.com
https://lecocq.wordpress.com
Instagram – https://www.instagram.com/blogdecoracaoacoracao
Informações e Agendamentos para Mesa Quântica Estelar, Mesa Pet,
Psicogerador e Frequência de Cura Arco Iris – lecocqmuller@gmail.com
Natalie Glasson – https://eraoflight.com/
https://trabalhadoresdaluz.altervista.org/mestre-el-morya-vivendo-na-luz-e-na-escuridao

LUZ!
STELA