ALMA, EGO E FLUXO

Mensagem Diária do Arcanjo Gabriel

Através de Shelley Young
16.06.21

Recentemente, nos perguntaram: “O que não consigo entender é para onde a alma quer ir e para onde meu ego quer ir. Como fazer com que eles concordem entre si? Como posso saber se o que desejo (ego) é o que minha alma planejou? Como posso saber se tenho esses bloqueios, para que possa trabalhar mais facilmente com eles? Por exemplo, quanto tempo tenho que esperar para que as coisas fluam quando tenho um prazo para o que outra pessoa espera de mim, como vendedores exigindo dinheiro para realizar projetos e reparos em minha propriedade? Por que isso é realmente tão difícil?”

Queremos explorar isso com você hoje.

Queridos, tanto a mente como a alma são essenciais para a experiência do ser humano. O propósito do processo de incorporação, do qual você está participando, é integrar mais da alma ao corpo – a tão falada experiência espiritual no corpo humano. Pode ajudar pensar nisso como uma parceria cocriativa em vez de uma incorporação.

A mente é o centro operacional do ego e trabalha com separação. O coração é o centro operacional da alma e trabalha com conexão. Como seres humanos esclarecidos, ambos são igualmente importantes. Tentar erradicar um ou outro apenas o colocaria em resistência a si mesmo, criaria desconforto e negaria a fusão que você está procurando experimentar.

Portanto, para ter o ego a bordo, pode ser útil vê-lo como uma criança que está investida em permanecer a mesma, que não gosta de mudanças, quer sentir que está no comando e quer ter certeza de que não será deixada para trás.

Por meio de sua sabedoria superior você entende que pode amar essa parte de você exatamente como ela é, mas certamente não gostaria que ela tomasse todas as decisões importantes.

Como seu próprio sábio, você deseja guiá-la da maneira que for melhor para ela, de forma que se sinta segura e honrada. Tranquilize seu ego mostrando que é uma parte essencial de você e que você sempre o amará e precisará, mas que, por enquanto, você cuidará de tudo e ele pode se concentrar em se divertir ou em acompanhar seus sucessos.

O ego, ou a mente, gosta de controlar. A alma navega pelo fluxo. Para descobrir continuamente no que sua alma deseja se expandir, você deve permitir que ela assuma a liderança. Você faz isso por meio da combinação divina de entrega, fé, fluxo e confiança.

Ao usar este sistema, você é sempre guiado para suas soluções e seus melhores resultados. Sua vida começa a se desenvolver com maior graça e facilidade. E você trabalhará muito eficientemente com as energias.

Você não precisa procurar por problemas porque, se há algo que precisa da sua atenção, isso será trazido à sua consciência, você poderá lidar com ele e, em seguida, voltar ao fluxo. O fluxo estará sempre servindo a você.

Você não precisa saber quais são seus bloqueios porque o fluxo tem a capacidade de navegar por cima, ao redor, por baixo ou através de qualquer bloqueio percebido com total eficiência. Isso é o que a mente quer saber, mas o coração tem as soluções.

Você perguntou: “Por que precisa ser tão difícil?” –  Experimentar as coisas como difíceis geralmente indica falta de fé ou confiança, apego às coisas que parecem de uma determinada maneira, tentando microgerenciar as coisas ou você está se conformando com muito menos do que seria possível, quando sua alma tem um plano maior e melhor para você.

A resistência sempre cria desconforto, onde a aceitação permite que você solte a corda para o que é indesejado e volte ao fluxo. Seu foco ficou preso no que é indesejado e frustrante? A gratidão pelo que está funcionando em sua vida permite que você experimente satisfação no momento atual.

Se você está se sentindo desafiado por coisas que precisam acontecer dentro de um determinado período de tempo e você não vê como isso pode acontecer, é quando você deve chamar seus guias, se entregar ao fluxo e permanecer lá com sua fé e confiança. Acredite que o desdobramento estará sempre servindo a você.

Pode ser útil encontrar uma declaração que o acalme, como “Deus está me guiando agora” ou “Será interessante ver como tudo isso vai funcionar”. Esses tipos de pensamentos o mantêm em sua fé e confiança e podem ajudá-lo a evitar a resistência. Eles também são baseados em soluções, em vez de baseados em problemas.

Você pode fluir dentro da estrutura de um prazo. Você também pode confiar que se algo não funcionar como você pensou que deveria, há um elemento de tempo divino em ação ou pode haver algo ainda melhor para você, com a qual sua alma está tentando se alinhar.

Sua alma e seu ego são uma dupla dinâmica. Eles são o que está permitindo que você experimente este momento incrível em seu planeta. Ambos têm trabalhos e dons para você – seu ego por garantir que você seja tratado como você merece, por cuidar do seu corpo e experimentar a individuação; e sua alma por conduzi-lo para a expansão e unidade que você deseja experimentar, em seu desejo de ancorar energias vibracionais mais elevadas na Terra através da ferramenta do corpo.

Cada passo do caminho é útil para você, mesmo se você não entender como será no momento. Se você se sentir preso, entregue ao seu eu superior a resolução, solte a corda da resistência e dê ao fluxo uma chance de conduzi-lo às soluções que sempre existem.

Seu desconforto nunca é um castigo ou uma cruz a ser carregada. É simplesmente um convite para redirecionar. Se você não consegue ver como fazer isso através do seu ponto de vista, é hora de permitir que os aspectos superiores – sua alma, seus guias, ajudantes ou simplesmente a Fonte – tomem as rédeas e liderem o caminho.

~ Arcanjo Gabriel

Compartilhe com Ética mantendo todos os créditos
Formatação – DE CORAÇÃO A CORAÇÃO
https://www.decoracaoacoracao.blog.br
htt://stelalecocq.blogspot.com
https://lecocq.wordpress.com
Instagram – https://www.instagram.com/blogdecoracaoacoracao
Livro Mensagens dos Mestres – De Coração a Coração
http://mensagensdosmestres.blogspot.com/
Informações de Mesa Quântica Estelar, Frequência de Cura Arco Iris e Psicogerador – lecocqmuller@gmail.com
https://trinityesoterics.com/
Tradução – Maria Stela Lecocq Müller

LUZ!
STELA