⚜ ADAMUS – A ARTE DE FICAR NO BANCO – SHOUD 8

OS MATERIAIS DO CÍRCULO CARMESIM

Série da Arte de Ficar no Banco SHOUD 8

Apresentando ADAMUS SAINT GERMAIN
Canalizado por Geoffrey Hoppe

Apresentado ao Círculo Carmesim
em 7 de maio de 2022
www.crimsoncircle.com

Eu Sou o Que Sou, Adamus of Saint Germain.

Bem-vindos, queridos Shaumbra. Bem-vindos a este Shoud de maio de 2022. Estou aproveitando pra sentir cada um de vocês, sentir as energias de vocês. Que grupo interessante reunido aqui hoje de todos os cantos do mundo!

Tantos sentiram o chamado para estarem aqui… Vocês tinham outras coisas para fazer, talvez achando que fossem coisas melhores para fazer, mas vocês sentiram o chamado para estar aqui com este grupo, neste momento. Foi como um desses chamados irresistíveis. Obrigado por estarem aqui, porque tenho um trabalho importante para fazer aqui, hoje.

Vamos respirar fundo ao abrirmos este Shoud.

Será um pouquinho diferente do que temos feito. Por mais que eu adore palestrar, falar com os Shaumbra, distrair vocês, com excentricidades… Faremos tudo isso no mês que vem quando estivermos juntos novamente, com nossa plateia presente. Mas este Shoud será diferente. Este Shoud… este Shoud, bem… obrigado por estarem aqui; vocês vão descobrir por quê.

Muita coisa está acontecendo no mundo neste momento. É difícil assistir, às vezes, quando se está no meio disso tudo, da magnitude do que está acontecendo. Vocês sabem que as coisas estão intensas. Vocês sabem, vocês estão sentindo muitas coisas diferentes. Mesmo aqueles que costumavam dizer que nunca sentiam nada, agora estão sentindo coisas.

Agora vocês gostariam de voltar a não sentir as coisas. Não, vocês vão continuar sentindo coisas, porque a sensibilidade de vocês foi despertada por sua própria luz, sua própria consciência. Então, vocês vão continuar sentindo coisas, e vão continuar sentindo o mundo ao redor.

Vocês viveram muitas existências neste planeta. Vocês se familiarizaram com a maneira com que as coisas se movimentavam e mudavam, muitas vezes não muito rapidamente, algumas vezes, parecendo como se vocês estivessem repetindo os mesmos velhos padrões, ou como se o mundo estivesse repetindo os mesmos padrões.

Mas agora a coisa está muito rápida, na verdade, está acontecendo numa velocidade que vocês acham quase difícil de acompanhar. Ah, houve um ponto, não muito tempo atrás, em que vocês não achavam que as mudanças eram rápidas o suficiente. Vocês queriam que acelerassem mais e mais, e agora é o que está acontecendo. E, na verdade, elas estão acontecendo, neste planeta.

Hoje, vamos fazer um DreamWalk (uma Caminhada de Sonho). Será um DreamWalk bem longo. E, durante esse DreamWalk, nós, juntos, vamos brilhar nossa luz na escuridão. Vamos entrar fundo no coração da escuridão, ou talvez nas entranhas da escuridão, e brilhar a luz, fazer o que vocês realmente vieram fazer aqui no planeta. É isso.

Vocês não vieram para cá para iniciar grandes corporações nem para inventar coisas, nem necessariamente para fazer trabalho de cura, de coaching nem para escrever livros. Vocês vieram para o planeta para fazer o que vamos fazer hoje, para fazer o que vocês fazem quando ficam no banco.

Um Momento para Brilhar

Nós vamos brilhar a luz e, como sabem – falamos com muita frequência – este é o momento em que o planeta mais está precisando disso. Ele está num tempo de mudanças épicas em tudo que está acontecendo. Não dá para dizer que é numa coisa ou noutra. Tudo que está acontecendo está passando por mudanças, e as mudanças muitas vezes não são fáceis.

Mudanças significam a queda dos velhos sistemas, meio como Shiva, a energia destruidora, que chega para destruir os velhos sistemas. Muitas vezes, ela é dura com os humanos – dura com o modo com que eles estabelecem suas vidas, os padrões que seguem, as pessoas com quem convivem, então, é muito difícil.

Mas, neste momento, essas mudanças estão acontecendo. Não tem volta. Não tem desaceleração das mudanças. Elas estão ocorrendo no planeta, e é por isso que vocês estão aqui. Muitas vezes, vocês dizem: “Bem, eu quero me lembrar de por que estou aqui no planeta, lembrar o que estou fazendo.” Muitos de vocês passaram anos, décadas até, só esperando até este momento. É por isso que vocês aqui.

Muitos de vocês passaram existências isolados, fosse numa Escola de Mistérios, fosse numa espécie de organização secreta, numa organização sossegada, nos bastidores, que mantinha uma luz para o planeta. Isso ocorria em monastérios e conventos, com pequenos grupos isolados em lugares bem remotos do mundo. Era para manter a energia para o planeta.

Manter a energia significava que vocês mantinham esse elo entre o céu e a Terra, entre o divino e o humano, para que ele não se perdesse. Vocês mantinham esse elo. E agora ainda existem grupos que fazem isso. Eles fazem desde os tempos de Lemúria. Ainda há grupos fazendo isso. Não se ouve falar deles, ou raramente se ouve, enfim. Muitas vezes, fazem isso por trás de uma organização religiosa, mas é a fachada que usam, pois estão, realmente, verdadeiramente, mantendo a energia até o momento certo.

Eles fazem isso até o momento de chegarem aqueles que serão os portadores da luz no planeta. Eles mantiveram a luz até que fosse a hora de determinados humanos pelo planeta começarem a permitir seu divino, sua luz, aqui neste nível de realidade, e esses são vocês. É nesse ponto em que estamos agora. É o que estamos fazendo aqui, neste momento.

Embora eu adore falar com vocês, entreter, informar vocês, palestrar, hoje eu quero fazer esse DreamWalk muito especial. Então, peço que fiquem confortáveis. Reduzam as luzes, fiquem confortáveis onde estiverem, e, se puderem, por favor, desliguem os celulares.

Vocês sabem como, às vezes, quando estamos num trabalho profundo, isso atrai distrações, acarreta distrações. E, de repente, alguém com quem vocês não falam há um tempo, ou um parente ou mesmo uma porcaria qualquer faz o telefone tocar. Então, desliguem esses telefones, desliguem o som pelo menos, e fiquem confortáveis para o nosso DreamWalk.

Eu queria fazer esse DreamWalk hoje com este grupo que eu pude sentir que estava vindo. Será uma coisa em grupo. Vocês terão suas experiências individuais, mas eu queria fazer em grupo no momento presente, agora. Normalmente, vocês fazem benching sozinhos. Normalmente, vocês encontram um tempo, se sentam em algum lugar, perto de um lago, numa praça, às vezes no carro ou em casa, e simplesmente brilham sua luz.

Mas, agora, eu gostaria de fazer este DreamWalk rumo à escuridão com este grupo. E, sim, alguns de vocês têm se sentido esquisitos nos últimos dias ou talvez tenham tido sonhos bem doidos nesta noite ou na noite anterior, porque, quando fazemos este tipo de trabalho, bem, de certo modo, a escuridão não gosta disso.

Vocês sabem como é quando estão numa sala escura e, de repente, alguém acende as luzes; incomoda. De repente, vocês são desalojados. Acontece o mesmo quando a escuridão sente que algo está chegando. Ela resiste e, provavelmente, foi isso que vocês sentiram, ou sobre isso que pensaram, ou com isso que sonharam.

Não vamos tentar fazer além de ser uma luz na escuridão. E, em último caso, como vocês sabem, não há realmente escuridão nem luz. Mas existem coisas com falta de consciência e de percepção, que não têm a capacidade de ver e perceber os potenciais, e é o que chamamos de escuridão nesse caso. Fica num lugar muito aflitivo, num lugar muito doloroso – fisicamente, mentalmente – e é o que chamamos de escuridão, aqui.

A luz é simplesmente consciência. Consciência. A única coisa que, de fato, realmente, importa é consciência. É a coisa mais pura de todas – sua consciência, seu Eu Sou. Sem ela, não haveria energia, não haveria partículas, não haveria luz, não haveria qualquer realidade.

Então, o que estamos realmente fazendo é levando consciência para as áreas que estão travadas, que estão cobertas, as áreas que estão tão cheias de dor que não veem os grandes potenciais que estão lá para elas, sejam individuais, sejam para o planeta. Nós vamos levar nossa luz, sem nos intrometer, sem forçar qualquer mudança, sem fazer ninguém crer no que cremos, mas vamos simplesmente iluminar.

O momento é agora, neste ponto crítico para tudo no planeta. É agora que os portadores da consciência, que vocês são, se manifestam. E, repito, sem tentar forçar a mudança, mas simplesmente mostrando que existem outros potenciais.

Assim, vamos respirar fundo juntos neste Shoud de maio de 2022.
Vamos respirar bem fundo, reunindo nossas energias.

Muitas vezes, aqui, ao longo deste DreamWalk, eu não direi nada.
Vou só pedir que vocês carreguem sua luz.

Peço que vocês não interajam com nada que a gente possa encontrar. Fiquem meio que atrás da mureta. Não interajam com vozes, não interajam com aspectos, não interajam com aqueles que possam surgir.

Não vamos tentar forçar nosso modo de ser a nenhum governo, nem mudar seus líderes. Não vamos tentar forçar nenhuma mudança, nem no passado. Nós simplesmente vamos levar a luz e isso, eu repito, é o que viemos fazer neste planeta nesta existência.

DreamWalk Rumo à Escuridão

Vamos respirar fundo juntos, com todos aqueles que estão reunidos aqui, neste momento, e com todos que virão depois se juntar ao DreamWalk. Vamos respirar fundo, enquanto começamos.

[A música começa.]

No DreamWalk, nós, de fato, não precisamos ir a lugar algum.
Tudo vem até nós.

De certa forma, é como uma espiral. Não vamos sair por aí tentando fazer nada. Vamos simplesmente ficar neste momento presente, permitindo nossa radiância, aqui, em grupo, um grupo solene, permitindo que a luz brilhe.

E, quando vocês brilharem a luz, brilhem primeiro sobre si mesmos. E, na verdade, ainda pode haver áreas escuras na vida de vocês – velhas lembranças, fantasmas do passado, pessoas que feriram vocês, magoaram vocês.

Vamos começar por aí, nesta existência, brilhando sua luz em qualquer escuridão que estiver dentro de vocês, para que essa parte de vocês do passado, essa parte de vocês possa ver que existem muitos potenciais a mais.

Para que essa parte de vocês possa ver que vocês não estão emperrados, não são controlados por ninguém, não estão realmente limitados em suas escolhas, embora vocês possam achar que sim.

Estejam nessa escuridão de seu próprio Eu – coisa que a maioria das pessoas certamente evita fazer. A maioria das pessoas não quer encarar isso. Mas, aqui, uma vez que vocês estão na consciência, não há nada com que se preocupar, não há o medo de serem consumidos pela escuridão.

Não há mais medo de se voltarem para a escuridão, algo que muitos temiam bem antigamente. E se vocês fossem consumidos pela escuridão, se transformassem numa pessoa ruim? Vocês simplesmente não conseguirão agora. Vocês conhecem demais a própria luz.

Nesta altura, vocês simplesmente não conseguem ser corrompidos por sua escuridão nem pela de ninguém.

Brilhem sua luz em todas as partes de si mesmos que ainda possam estar na escuridão.

[Pausa]

E ela pode tentar se virar e rosnar para vocês, mas simplesmente permaneçam em sua consciência, em sua luz.

Este agora é o seu caminho.

Não é a sua escuridão que decide, que toma decisões, que faz nada na sua vida.
Agora, são vocês, enquanto seres soberanos.

Deixem sua luz brilhar na escuridão que possa vir da sua infância.

[Pausa]

Alguns de vocês enfrentaram coisas horríveis quando eram jovens, coisas terríveis. Não há justificativa para elas. Não há por que tentar argumentar ou dar sentido a elas. Mas agora existe uma luz chegando, uma luz de vocês, que entra nesses recônditos obscuros do seu passado.

[Pausa]

Vocês vivenciaram coisas que desencadearam uma grande vergonha. Alguns de vocês foram abusados fisicamente, sexualmente, e isso desencadeou em vocês uma imensa vergonha. Mas não foram vocês que fizeram isso.

Vocês se cobriram de escuridão, e agora é a hora porque essa parte de vocês quer essa luz, quer que esse anjo esteja aqui neste momento.

Sintam a escuridão de sua vida, que, de fato, parece vir em sua direção agora.

Mesmo que essa coisa ainda esteja tentando se manter na escuridão, ela está sendo atraída para esta luz que você está brilhando. Essas partes que se mantiveram na escuridão sabem que chegou a hora agora.

Deixem que sua luz brilhe sobre elas, para que possam encontrar e aproveitar os potenciais que estão disponíveis pra elas.

[Pausa mais longa]

A maior transformação ocorre quando vocês podem simplesmente estar aí com sua luz do momento presente, quando vocês não tentam curar nem mudar nada, mas simplesmente estarem aí na forma dessa luz.

Sem se prenderem às feridas, sem se prenderem à vergonha, sem ficarem imersos na escuridão, mas estarem simplesmente aí.

[Pausa]

Deixem sua luz brilhar em cada parte de si que está confusa, quer seja uma parte de hoje, quer seja uma parte do passado. Cada uma delas está gritando.

[Pausa]

Em cada besta e demônio que ainda vaga em seus sonhos, que vaga em sua mente, deixem que essa luz brilhe, para que toda parte ferida saiba agora como sair dessa armadilha da escuridão.

[Pausa]

A verdadeira transformação acontece quando a luz da consciência está lá.

[Pausa]

Todas as outras terapias, aconselhamentos, tudo mais, de certa maneira, é tudo makyo. A escuridão simplesmente precisava sentir a presença da luz, a estabilidade dessa luz.

[Pausa]

Precisava saber que a luz era real.

E, mais do que tudo, precisava saber que a luz estava vindo de dentro, não de alguém de fora, não de outro ser, não do céu, mas de vocês. Era disso que ela precisava.

Essa luz que vocês carregam é a sua consciência, a sua percepção e a pureza da sua consciência.

[Pausa]

A luz não vai tentar curar. A luz não vai tentar aconselhar. A luz vai simplesmente ficar lá dizendo: “Tem um jeito.”

Cada situação obscura, cada experiência obscura que ainda está aí na sua vida, na verdade, anseia por essa luz que vocês trazem agora para ela.

Ela não queria mais nenhum joguinho. Não queria mais terapias e super terapias. Ela simplesmente queria isto que vocês estão trazendo agora. Só isso. A sua luz.

Essa escuridão que não se sentia merecedora da luz, a escuridão que não achava que pudesse ser a luz, ela só queria saber que a luz de vocês pode estar aqui.

Deixem que ela brilhe em tudo na sua vida que possa estar numa área cinzenta ou escura, que possa estar se escondendo ou estar ferida. Deixem que ela brilhe em cada parte dessas.

[Pausa]

E depois… depois deixem que essas coisas que vocês chamam de suas vidas passadas, com a escuridão delas, deixem que elas se aproximem.

[Pausa]

Então, muitas delas, vejam, muitas delas ainda estão vivendas as experiências, quase como se estivessem presas num sonho.

Só porque uma vida passada teve uma morte física não significa que essa vida passada tenha morrido. Ela pode continuar indefinidamente com seus traumas, sua escuridão e seus sofrimentos. Isso segue para outras dimensões. Vai para as Esferas Próximas da Terra e, muitas vezes, continua lá.

Sabem como é, porque vocês podem sentir o sofrimento e a dor, quase como um eco de um passado.

Deixem sua luz brilhar em todas essas vidas passadas.

[Pausa]

Elas buscaram salvação em muitos lugares diferentes. Tentaram demais se livrar do sofrimento, da escuridão e da dor. Mas elas precisavam disto que vocês estão trazendo agora – da sua luz, sua sabedoria, sua maturidade.

É disso que elas precisavam. Assim, elas podem também ver os potenciais delas, podem ver um cenário diferente.

Vocês não estão levando a cura pra elas. Vocês não estão levando uma solução. Vocês estão simplesmente levando sua luz para elas, e elas precisam vê-la, precisam senti-la.

Cada uma de suas vidas passadas, neste momento, está passando por uma forma pessoal de chegada à Realização. Vocês estão liderando o caminho nesta existência para todas as suas vidas passadas. Vocês estão liderando o caminho e, portanto, elas passarão pela própria Realização delas.

A história não é história. A história não é só o que ficou registrado. Em outras palavras, elas estão mudando a história delas, a história de vocês, neste momento, enquanto vocês levam sua luz para elas.

Todas as vidas passadas também alcançarão a Realização na existência delas.

Sim, elas desafiarão a história em si. Elas desafiarão o espaço e o tempo. As implicações são inacreditáveis.

Uma vida passada que pode ter morrido pobre, zangada, na escuridão, agora está mudando de curso na existência dela – mesmo que seja nos momentos finais antes de sua morte naquela existência. Ela está mudando enquanto a luz chega até ela.

Algumas dessas existências rezaram para que Deus, os anjos, Jesus, Alá, Buda as liberassem do sofrimento que estavam enfrentando, as liberassem da própria escuridão, do modo como se viam ou da impressão que tinham de si mesmas. Mas, não, nenhum desses seres poderia fornecer a cura e a resolução que a luz de vocês, daqui, neste momento, pode.

A luz tem que vir de dentro. Não pode vir de fora. Simplesmente não pode. Ah, as luzes de fora… pode-se dizer que as luzes de fora fornecem um alívio bastante temporário. Mas, para que verdadeiramente essas vidas passadas sejam afetadas, ah… Sintam essas vidas neste momento.

[Pausa]

Elas precisavam sentir a luz vindo de dentro.

[Pausa]

Não de um céu distante. Não de uma espécie de ícone espiritual. Elas precisavam senti-la vindo de dentro. É isso que vocês estão levando a cada uma delas.

Sua luz ilumina os potenciais para elas agora e, então, basta elas fazerem a escolha. Mas sua luz ilumina os potenciais – os potenciais para elas seguirem além da própria escuridão.

Sintam agora as mudanças que sua luz está proporcionando a cada uma de suas vidas passadas. Ela está mudando o curso da própria história de vocês.

[Pausa longa]

Nada poderia tocar essas vidas passadas como a luz de vocês. Nada.

[Pausa]

Tantas vidas passadas morreram em meio a tanta confusão em suas mentes e em seu coração…

Isso ocasionou tanta busca, tanta angústia, tanto sofrimento… Parecia que só piorava, quando essas vidas passadas seguiam tentando encontrar as respostas – curas milagrosas, soluções rápidas, profetas do lado de fora.

Simplesmente não funcionava. Elas precisavam disto aqui.
Precisavam da presença da luz de vocês.

Ouso dizer que essa é a única coisa que fornece uma resolução, uma transformação. A única coisa. O resto só leva a mais dor de cabeça, mais fracasso, mais desapontamento.

Deixem sua luz brilhar para cada uma de suas vidas passadas.

[Pausa]

É interessante porque eu vejo, vocês veem humanos tentando fazer tantas coisas para causar uma mudança dentro deles…

Eles tentam técnicas e abordagens diferentes, constantemente buscando a mais recente – ajoelhar diante de gurus, estudar e estudar e estudar livros e textos até os olhos quase saltarem da órbita – e nada disso, nada disso fornece a transformação pura.

Só vocês, a consciência de vocês, estando lá na escuridão.
São vocês voltando para seu Eu.

São vocês pegando essa parte divina, sagrada, e iluminando-a para elas, conscientemente iluminando-a para elas, para cada uma dessas vidas passadas.

[Pausa]

E, no coração delas, elas sentirão a familiaridade. Elas sentirão a unidade de vocês e delas, da alma. Essa unidade soa verdadeira, honesta e real, e soa como algo de dentro, não como algo que vem de fora.

Para muitas vidas passadas, irá, de fato, surpreendê-las a intimidade dessa luz que está agora brilhando, como ela é próxima.

[Pausa]

Deixem que sintam a sua luz. Deixem que cada escuridão de cada vida passada sinta a sua luz, sua consciência Crística.

[Pausa]

Não é incrível que vocês agora estejam numa posição, num nível de maturidade e integração onde vocês – vocês – podem trazer essa luz?

Antes, vocês sempre sentiam como se precisassem ser os receptores da luz, sentiam como se vocês estivessem na escuridão, como se precisassem dessa coisa, dessa luz que está vindo de vocês. Mas, agora, vocês são aqueles que a carregam.

Vocês são aqueles que não têm mais medo de si nem de sua luz.
Vocês podem ser aqueles que a carregam.

Vocês não fazem mais parte desse grupo de facetas de vidas passadas que ficavam esperando pela luz, mesmo que se mantivessem na escuridão. Vocês se elevaram acima disso e vocês, agora, são aqueles que carregam a luz. Sem se preocuparem se vocês vão distorcê-la, sem se preocuparem se vocês vão utilizá-la de forma indevida. De jeito nenhum.

[Pausa]

Agora, vamos continuar com nosso DreamWalk.

Vamos levar essa luz para o mundo, para este planeta, para todas as áreas de escuridão que estão assolando o planeta neste momento. Áreas de escuridão no sentido de que carecem de consciência. Muitas vezes, retorcidas e distorcidas. Muitas vezes, até mesmo o que as pessoas chamaria de mal.

Vamos levar nossa luz para este planeta, para os bilhões de pessoas que são boas por natureza. Elas são verdadeiramente boas por natureza, mesmo que tenham ficado presas em sua própria escuridão, muitas delas. Algumas ficaram presas nos jogos de poder. Algumas caíram nas armadilhas da escuridão, mesmo de suas próprias vidas passadas, trazidas para esta existência.

Vamos levar nossa luz para um planeta repleto de tanto potencial de bondade, mas que ainda tem muito medo no momento.

[Pausa]

Tem medo. Nessa escuridão, tem falta de esperança.

Vamos levar nossa luz para que a consciência de massa e a humanidade possam ver que, na verdade, existem outros potenciais.

[Pausa]

Não é preciso haver qualquer sofrimento neste planeta. Mas, ainda assim, a escuridão se segura. A escuridão se alimenta disso.

Vamos levar nossa luz – neste Shoud, no nosso DreamWalk – para este planeta.

[Pausa]

Ah, são tantos que estão presos no carma, no próprio carma do passado.
É uma péssima armadilha, uma armadilha atraente, o próprio carma.

Vamos levar uma luz para que consigam ver que podem liberar isso quando quiserem.
Não é um castigo dos céus. Só depende de quando vão querer liberar essas coisas.

[Pausa]

As pessoas neste planeta entram na lida diária, seguem seus padrões típicos, mas estão com medo agora, estão com medo do que pode acontecer.

Tecnologia, forças armadas, tudo se tornou tão poderoso que pode afetar o planeta num instante, num único instante.

As pessoas geralmente não gostam de falar sobre isso, mas estão preocupadas.
Estão esperando por alguma resposta, algum tipo de intervenção.

Eu examino a consciência de massa, a humanidade, e ninguém sabe para onde ir. As pessoas realmente querem algum tipo de intervenção, algo que sacuda as coisas, mas sacuda para melhor. É onde entra a luz de vocês. É por isso que vocês estão aqui neste momento.

Vamos deixar nossa luz brilhar sobre o planeta. As pessoas é que vão decidir o que fazer com ela, como usá-la, como iluminar os próprios potenciais e, em última instância, como sentir a própria luz.

[Pausa mais longa]

As pessoas se tornaram muito alheias. Por estarem tendo dificuldade de lidar com as coisas, estão ficando alheias.

Muitas estão tendo dificuldade de pensar por elas mesmas. Então, caem nas armadilhas, ah, em armadilhas atraentes na forma de conspirações, em armadilhas que, constantemente, as levam ao fracasso. Elas acham que não querem fracassar, mas, na verdade, caem nessas armadilhas da escuridão e seguem em direção ao fracasso, porque é só o que conhecem, é só o que sentem que merecem.

Vamos brilhar nossa luz sobre todas elas.

[Pausa]

Sobre todas essas pessoas com vícios, que perderam a esperança, que sentem como se algum demônio as dominasse, vamos brilhar nossa luz sobre cada uma delas.

[Pausa]

Sobre aquelas que acham que o poder e a força são a forma de resolver problemas, de lidar com as coisas, e sobre aquelas que seguem com isso, aquelas que se sujeitam ao poder e à força, que são vítimas disso, vamos brilhar nossa luz sobre elas.

[Pausa]

Sobre aquelas que ainda se envolvem na guerra porque simplesmente não conhecem outros caminhos, outras maneiras de lidar com as questões, e recorrem a guerras, a batalhas. Elas não percebem, muitas vezes, que essas guerras são antigas, não se referem a este tempo atual no planeta. Essas guerras, essas batalhas vêm de existências remotas, vêm de eras longínquas, vêm bem lá de trás, e elas ainda estão lutando.

Vamos brilhar nossa luz sobre todas essas pessoas que ainda se envolvem em batalhas e conflitos, em crueldade, nações contra nações, para que possam ver a luz, sentir a luz.

[Pausa]

Tem algo interessante sobre as guerras e aqueles que lideram as guerras. Eles estão presos lá, e carregam isso de uma existência para outra, e continuam infligindo isso ao planeta.

Vamos brilhar nossa luz para todos aqueles que usam as guerras, todos aqueles que são vítimas da guerra no planeta.

E vamos brilhar nossa luz sobre todos os que simplesmente tentam ignorá-las, que têm medo de dizer “chega” e simplesmente as ignoram e fingem que não está acontecendo. E isso, muitas vezes, faz com que os guerreiros prossigam em suas guerras.

Vamos brilhar nossa luz sobre este planeta.
É para isso que vocês vieram para cá.

[Pausa]

Reparem que não há força.
Nós não temos que empurrar nem forçar nada.

Vocês vão simplesmente carregar essa luz, a mesma luz que carregaram pra si mesmos, e que é a consciência.

A consciência tem um jeito de iluminar o caminho, de iluminar os potenciais. A consciência tem um jeito de despertar aqueles que estão adormecidos e de fornecer soluções novas e reais.

[Pausa]

Deixem sua luz brilhar sobre si mesmos, sobre o planeta.

[Pausa mais longa]

Mesmo a história deste planeta e as histórias de todas as pessoas podem mudar.

É um tipo de física quântica que ocorre, onde, mesmo que vocês achem que as coisas seguem a história numa determinada ordem e padrão, elas podem mudar. Até o que chamam de passado pode mudar.

Na realidade, o passado tem que mudar para que haja uma mudança verdadeira.

O passado e o presente precisam passar por uma transformação para que a humanidade, as pessoas não continuem na mesma rota linear em que se encontram.

Assim, a luz que vocês brilham neste momento para o planeta volta na história, volta no tempo. Ela pode mudar o que ocorreu há 500 anos, mil anos.

Ela muda os potenciais.

[Pausa]

É por isso que vocês estão aqui.
É por isso que vocês estão no planeta neste momento.

Deixem sua luz brilhar para o mundo, para a humanidade, para a consciência de massa.

[Pausa]

Sintam nosso DreamWalk neste momento.
Sintam a beleza do nosso DreamWalk, a luz.

É por isso que vocês estão aqui.

Vocês esperaram por isso, por estar aqui neste momento.
E vocês sabem que este momento, agora, é totalmente crucial.

Nem quero imaginar o que aconteceria a este planeta se não houvesse uma luz sendo carregada.

É por isso que vocês estão aqui no planeta neste momento. E, quando vocês brilham sua luz, ela vai para vocês primeiro, para cada faceta, cada experiência que vocês tiveram nesta existência, e depois segue para cada vida passada. Essa luz se prolifera, brilha direto nos pontos mais escuros, e muda até mesmo o que chamam de passado.

Levou um bom tempo para chegarmos aqui. Foi necessário confiar na própria luz, na própria consciência, encarnados como humanos. Foi necessário reconhecer essa luz e confiar nela.

Dez anos atrás, a maioria de vocês não confiava, a maioria de vocês duvidava da própria alma. Mas, agora, aqui estamos, reunidos pelo mundo afora em nosso DreamWalk Rumo à Escuridão, capazes de brilhar uma luz sem agenda, que simplesmente leva consciência para este planeta.

Sintam enquanto essa luz continua brilhando.

[Pausa]

Foi para isso que vocês vieram para cá.

Vocês vieram para cá para receberem sua própria luz, a luz da sua alma, da sua divindade, e, depois, deixá-la brilhar.

Esta luz, agora, sai para o planeta.
Observem o que acontece depois.

Vamos respirar fundo juntos no nosso DreamWalk Rumo à Escuridão.

Vamos respirar bem fundo.

É por isso que vocês estão aqui, agora.

Com isso, Eu Sou Adamus of Saint Germain.

LINDA: Com isso, continuem na beleza deste momento, continuem respirando bem fundo sentindo este momento enquanto encerramos esta sessão. Obrigada por estarem conosco. Obrigada a todos.

Compartilhe mantendo todos os créditos
Formatação – DE CORAÇÃO A CORAÇÃO
http://www.decoracaoacoracao.blog.br/
http://stelalecocq.blogspot.com
https://lecocq.wordpress.com
Livro “Mensagens dos Mestres – De Coração a Coração”
http://mensagensdosmestres.blogspot.com/
Instagram – @blogdecoracaoacoracao
Informações e Agendamentos para Mesa Quântica Estelar, Mesa Pet, Mesa Quântica 2.0 e Frequência de Cura Arco Iris – lecocqmuller@gmail.com
https://www.novasenergias.net/circulocarmesim/textos/artedeficar8.html
Tradução de Inês Fernandes – inesfernandes1305@gmail.com

LUZ!
STELA