FLUINDO EM TORNO DOS PEDREGULHOS

MENSAGEM DOS ANJOS

canalizada por Ann Albers
30 de Junho de 2022

Muitas vezes você nos pergunta: “Quando a vida deixará de ser uma luta?”
Nossa resposta, com grande amor, é sempre: “Quando você parar de lutar com a vida”.

Considere um fluxo. Desobstruído, ele flui suavemente, graciosamente, rápida e poderosamente. Quando encontra um obstáculo, como um pedregulho que ele não pode mover temporariamente, algumas das correntes no córrego empurram o pedregulho. Seu fluxo se torna caótico, mais lento e menos poderoso. Às vezes, a água que corre para o pedregulho até volta a subir, temporariamente… até se render à corrente maior, entrar no caminho de menor resistência e fluir suavemente ao redor do pedregulho.

Em sua vida, quando você encontrar algo que considera como um pedregulho – algo que você não pode mudar e não quer em seu caminho – você tem algumas escolhas. Você pode desviar de seus “pedregulhos”. Você pode lutar para mudá-los. Você pode resistir ao fato de que eles ainda existem. Você pode ressentir-se das pessoas, situações e coisas que são indesejadas em sua vida o quanto quiser e, ainda assim, querido… há uma maneira mais fácil e rápida de contornar seus pedregulhos na vida… o caminho de menor resistência.

Suponha que alguém não coopere com você. Seu chefe não lhe dá folga. Seu ex não irá pagar pensão alimentícia. O carro mais lento no trânsito não muda de faixa. Você não consegue um representante de atendimento ao cliente na linha… e a lista continua. Você encontrou o que sente ser um “pedregulho” na vida – algo, alguém ou alguma situação que você percebe estar no caminho de seu fluxo gracioso e feliz na vida.

Você pode sentar e reclamar da situação o quanto quiser, mas é improvável que isso mude a situação. Você pode tentar persuadir, intimidar ou manipular outra pessoa, mas é improvável que isso funcione também. Você pode buzinar no trânsito ou xingar o motorista à sua frente. Você pode desperdiçar a sua preciosa força vital tentando mudar as circunstâncias externas – os “pedregulhos” em sua vida – ou você pode se render ao seu coração, render-se ao amor e permitir que sua orientação o leve ao redor desses desafios percebidos.

Isso requer fé no fato de que você é amado. É preciso acreditar no fato de que o criador de universos conhece recursos infinitos e os 7,8 bilhões de pessoas, muitas das quais podem ser úteis. É preciso fé no fato de que o poder que criou seu corpo pode curá-lo, que a fonte eterna de toda abundância pode guiá-lo para o que você precisa, e a luz que vive e respira em todas as almas quer realmente ajudá-lo com relacionamentos mais harmoniosos.

Ao deixar de lado a luta com as coisas, pessoas e situações que você não quer, você abre espaço para as coisas, pessoas e situações que você deseja. Você não pode empurrar uma pedra e fluir rio abaixo ao mesmo tempo.

Você pode, no entanto, render-se ao momento presente, ao que está bem na sua frente e, no momento seguinte, render-se ao seu coração e permitir-se ser ajudado a fluir em direção ao que você realmente deseja – paz, felicidade, abundância, bondade, harmonia, saúde e as coisas que você gostaria, situações que você quer… talvez vindo de uma forma que parece um pouco diferente do que você imaginou originalmente.

Você está disposto a confiar que você é amado? Então, querido, pare de lutar com a vida. Pare de falar sobre o que não deveria existir, quem não deveria estar fazendo o quê, quem está atrapalhando, o que está lhe impedindo, ou o quanto você é desafiado, está doente, oprimido, zangado, frustrado, ciumento ou chateado. Pare de contar a história do pedregulho que o bloqueia e comece a contar a história sobre como o amor está tentando ajudar.

Nós o amamos muito e vemos muitas de suas lutas desnecessárias com a vida enquanto gentilmente tentamos sussurrar em seu coração: “Libere. Permita Deus. Queremos ajudar…”

Há muitos pedregulhos em seu mundo agora. Você irá lutar com eles ou se permitir fluir ao redor deles? É sua escolha. Da próxima vez que você encontrar o que você percebe como um pedregulho na vida, pare. Respire. Relaxe. Diga a si mesmo: “É o que é. A vida é o que é. Eu sou quem eu sou. Eu sei o que quero… o que vem depois?” Vá ao seu coração e você sentirá seu próximo passo.

Alguém não irá cooperar? “Eles são quem eles são. Eu sou quem eu sou. Eu sei o que eu quero. O que vem depois?” Talvez você seja impulsionado a ter uma conversa sincera. Talvez você seja impulsionado a trabalhar com outra pessoa. Talvez lhe seja mostrado um caminho para contornar esse indivíduo. Há tantas soluções possíveis. Seu coração lhe dirá o próximo passo.

À medida que você parar de resistir aos pedregulhos em sua vida e, em vez disso, respirar, cair em seu coração e encontrar o próximo passo – o que pensar ou fazer que pareça mais gentil, mais fácil, mais amoroso – então você, como o riacho, descobrirá o caminho da menor resistência, deixará de lutar e será guiado para a vida que você realmente deseja mais uma vez.

Deus o abençoe.
Nós o amamos muito

Os Anjos

Compartilhe mantendo todos os créditos
Formatação – DE CORAÇÃO A CORAÇÃO
http://www.decoracaoacoracao.blog.br/
http://stelalecocq.blogspot.com
https://lecocq.wordpress.com
Livro “Mensagens dos Mestres – De Coração a Coração”
http://mensagensdosmestres.blogspot.com/
Instagram – @blogdecoracaoacoracao
Informações e Agendamentos para Mesa Quântica Estelar, Mesa Pet, Mesa Quântica 2.0 e Frequência de Cura Arco Iris – lecocqmuller@gmail.com
www.VisionsofHeaven.com
Tradução: Regina Drumond – reginamadrumond@yahoo.com.br

LUZ!
STELA